Mariano Mastromarino fez o que nenhum argentino conseguiu na última década: venceu a Maratona de Buenos Aires. Porém, o atleta sentiu dificuldades inesperadas, vendo-se obrigado a convencer os oficiais da corrida de que não se tratava de um intruso.

A certa altura, Mastromarino ultrapassou o queniano Julius Karinga com uma velocidade impressionante e os responsáveis pela corrida estranharam. «Pensavam que eu era um intruso. Diziam-me: ‘sai da corrida, não podes estar aí, isto é uma prova oficial’».

Nas imagens é possível ver o corredor argentino a ser confrontado com essas suspeitas, apontando de forma insistente para o seu dorsal. «Achavam que eu tinha entrado ao quilómetro 30», acrescentou Mariano Mastromarino.



mf