Com um projeto da construção de um abrigo para refugiados na Síria, três jovens arquitetas do Porto conquistaram um concurso internacional de arquitetura. Em dezembro, vão a Nova Iorque receber o prémio.



Desempregadas desde que, há um ano, concluíram o mestrado em Arquitetura na Universidade Lusíada do Porto, Ângela Pinto, Joana Lacerda e Carla Pereira (atualmente, a viver em Londres) nem hesitaram por um instante quando tomaram conhecimento de um curso promovido pela Open Online Academy, instituição sediada em Nova Iorque, EUA, que procura promover a função social e educativa da arquitetura.



jn