O verão repentino que apareceu nestes dias de outono parece ter os dias contados. Embora as temperaturas continuem, em média, acima dos 23 graus, a chuva está de regresso e em algumas regiões faz-se acompanhar de trovoada.

naom_54496664b442d.jpg

Ora faz chuva, ora faz sol, ora estamos no outono e usamos roupas de verão, ora volta a chover. Segundo a informação presente no site do Instituto do Mar e da Atmosfera, a chuva está de regresso a partir da próxima quarta-feira e em algumas regiões do país irá fazer-se acompanhar de trovoada.
Em Lisboa, o fim de semana avizinha-se quente, mas já com uma ligeira descida das temperaturas. A partir de segunda-feira as máximas não irão ultrapassar os 23 graus e o céu muito nublado de segunda e terça-feira vai dar origem a chuviscos a meio da semana.

Já no Porto, informa o IPMA no seu gráfico, esperam-se períodos de chuva e trovoada já na terça-feira, com as temperaturas máximas a baixarem para os 20 graus no dia seguinte. Embora estejam previstos 26 graus para sábado, a chuva voltará logo no sábado, primeiro dia de novembro. O mesmo cenário repete-se em Braga, com chuva e trovoada e temperaturas a baixarem para os 20 graus na quarta-feira.

Em Bragança, as máximas vão descer até aos 18 graus, estando prevista chuva na terça, quarta e quinta-feira. Embora no sábado e domingo o céu fique limpo, as mínimas darão quase as boas-vindas ao inverno, fixando-se entre os nove e sete graus, respetivamente.

Bem mais a Sul, em Faro, o verão de São Martinho parece não querer ir embora, mas vai ficar mais fresquinho. Estão previstos dois dias de céu muito nublado e temperaturas a rondar os 24 graus de máxima.

No Funchal, Madeira, o final de Outubro vai ficar marcado pelo sol e temperaturas médias de 24 graus. Já em Ponta Delgada, no arquipélago dos Açores, espera-se chuva de segunda a sexta-feira (27 a 31 de outubro), com as temperaturas máximas a não ultrapassarem os 21 graus.




N.M