O projeto de requalificação do mercado do Bom Sucesso, no Porto, foi um dos quatros vencedores europeus dos Global Awards for Excellence, promovidos pelo Urban Land Institut, de Nova Iorque.


"Estamos contentíssimos", disse à Lusa a arquiteta Rosário Rodrigues de Almeida, uma das autoras do projeto, com os arquitetos Nélson de Almeida e Luís Almeida.

"Quando soubemos que tínhamos sido nomeados, em junho último, ficámos surpresos e já era uma satisfação ter sido escolhido entre tantos projetos fantásticos a nível mundial", disse.
A arquiteta reconheceu que a requalificação do antigo mercado de frescos do Bom Sucesso, uma obra classificada pela autarquia portuense, construída em 1952, "foi difícil".
"Um desafio extraordinário, sem ter beliscado o original, mas conseguimos construir um novo conceito, no sentido de termos conseguido um espaço multiusos, com área para a restauração, um hotel de quatro estrelas, quiosques, lojas e um espaço para os frescos", disse à Lusa a arquiteta Rosário Rodrigues de Almeida.
Os galardões internacionais, na sua 36.ª edição, distinguem projetos imobiliários que tenham um elevado padrão de excelência, nomeadamente nas áreas do design, construção, economia, planeamento e gestão, segundo informação no portal do instituto, na Internet.
Segundo a presidente do júri Leanne Lachman, presidente da consultoria imobiliária Lachman Associates, em Nova Iorque, todos os finalistas e vencedores deste ano "demonstraram alta qualidade, uso inovador do território do projeto de construção".



jn