O Chelsea, de José Mourinho, venceu este sábado por 2-1 no terreno do Liverpool, no jogo de abertura da 11.ª jornada da liga inglesa de futebol, ampliando para sete pontos a vantagem na liderança.


Os "reds" de Liverpool, com o avançado italiano Mario Balotelli a titular, até começaram bem o jogo, marcando aos nove minutos, num remate de longe do alemão Emre Can. A bola ainda bateu em Gary Cahill, desviando a sua trajetória e "traindo" o guarda-redes belga do Chelsea, Thibaut Courtois. No entanto, aos 14 minutos, o Chelsea empatou, num lance algo confuso na área do Liverpool. Num pontapé de canto, o também belga Simon Mignolet defendeu um primeiro remate de cabeça de John Terry, mas a bola sobrou para o remate certeiro de Gary Cahill, cujo golo só foi confirmado com recurso à tecnologia de baliza.


Na segunda parte, aos 67 minutos, o avançado hispano-brasileiro Diego Costa concretizou a reviravolta no marcador para o Chelsea, marcando de pé direito após uma incursão pela esquerda do lateral espanhol César Azpilicueta. O Liverpool ainda reclamou uma grande penalidade na área do Chelsea, por mão do central Cahill, mas o árbitro nada assinalou.


Com este resultado, os "blues" de Londres ampliaram (provisoriamente) a liderança na Premier League para o Southampton, que joga ainda este sábado. Os homens de José Mourinho têm agora 29 pontos, mais sete do que a equipa em que alinha o português José Fonte.



cm