No dia em que são anunciados os três finalistas para a atribuição da Bola de Ouro, pela FIFA, o presidente da Federação Portuguesa de Futebol veio reiterar a opinião de que Cristiano Ronaldo deve ser o vencedor do prémio.

«Se há ano em que Ronaldo merece a Bola de Ouro é 2014. Todos lembramos as excelentes prestações europeias do início do ano, que culminaram com a conquista da Liga dos Campeões, tornando-se o melhor marcador da prova. Foi também o melhor marcador da Liga espanhola, conquistou a Supertaça Europeia, e nos últimos meses tem-nos brindado com excelentes exibições, marcando golos em praticamente todos os jogos. Nesta altura lidera a lista de melhores marcadores da Liga espanhola», enumerou Fernando Gomes, em declarações reproduzidas pela federação.

Michel Platini, presidente da UEFA, defendeu recentemente a atribuição da Bola de Ouro a um jogador da seleção alemã, que conquistou o título mundial, mas Fernando Gomes defende que «uma coisa é o Campeonato do Mundo, realizado durante três ou quatro semanas» e que pela prestação na prova é atribuído o prémio de melhor jogador do Mundial. «O presidente da FIFA até já disse que não concordou com o critério da sua atribuição», lembrou o líder federativo.

«Ronaldo merece mais do que nunca», defende também o Real

«Por outro lado temos o prémio de melhor jogador do mundo, designado por Bola de Ouro. Esta atribuição tem a ver com um período de apreciação mais abrangente, tem a ver com 2014, e não reduzido às três ou quatro semanas que demora o Mundial», reforçou.

«Não sei quais são os critérios das escolhas dos capitães e dos selecionadores. Aquilo que sei é que o Ronaldo, que há três meses foi eleito o melhor jogador da Europa, merece indiscutivelmente o título de melhor jogador do mundo», reiterou Fernando Gomes, em jeito de conclusão.



mf