Caixa mantida a energia solar funciona como frigorífico nas regiões sem electricidade



Um dos grandes problemas para os agricultores das regiões sem electricidade, sobretudo em África, é conseguirem manter os alimentos em temperaturas suficientemente frescas para serem vendidos e consumidos pelas pessoas.

Para resolver esta “corrida contra o tempo”, como lhe chama o Planeta Sustentável, o designer belga Arne Pauwels criou um caixa que conserva os alimentos das comunidades. A Wakati – que quer dizer “tempo” em swahili – pode armazenar entre 200 a 400 kg de frutas e vegetais e é mantida com energia solar.

Um pequeno painel solar de três watts fica no topo da caixa, sendo que a energia gerada alimenta um ventilador que, gradualmente, evapora água de um pequeno reservatório. É este o sistema que permite à Wakati um ambiente húmido e fresco. A manutenção também não é nada do outro mundo: um litro de água por semana.

Segundo o Planeta Sustentável, os alimentos que duram apenas dois dias, em condições naturais, podem chegar aos 10 dias na Wakati. A tecnologia ainda está em fase de testes, mas já foram fornecidas 100 caixas para as regiões mais pobres do Haiti, Afeganistão, Marrocos, Tanzânia e do Uganda. Quando a produção for massificada, cada caixa custará €85 (R$ 265).


GreenSavers