O Chrome vai ser atualizado para passar a impedir a reprodução automática de vídeos, uma funcionalidade que não está, garantidamente no top das preferências dos utilizadores do browser da Google.



Depois de no ano passado ter integrado uma função que permite identificar em qual das janelas corre o vídeo, a equipa de desenvolvimento vem agora garantir ter “isolado” a situação.

Muito em breve, a funcionalidade de autoplay só irá, propriamente, arrancar se o vídeo estiver na janela do browser que o utilizador tem aberta.

A novidade foi anunciada no Google+, por François Beaufort.

“O Google Chrome vai passar a adiar a reprodução automática de média até que o separador correspondente esteja aberto.

Isso significa que ninguém irá perguntar ‘De onde vem este som?’ quando um anúncio começar automaticamente noutro separador”.

Além de evitar aborrecimentos aos utilizadores, o recurso também irá poupar o browser, que só irá consumir recursos com a reprodução do vídeo quando o utilizador visitar o separador que integra essa mesmo vídeo.

In:TeK