Chegado ao FC Porto livre, vindo do Benfica, clube com o qual havia terminado contrato, Maxi Pereira foi contratado pelos dragões como se tendo sido a "custo zero", mas na verdade os dragões tiveram de pagar dois milhões de euros pela aquisição do passe do defesa uruguaio, segundo se pode ler no Relatório e Contas esta quinta-feira revelado pelo clube da Invicta.



lusa