É uma afeção da pele frequente nos primeiros tempos de vida. Saiba identificar os sintomas e como atuar em caso de “medrança”.





O que é: Nome popular atribuído a pequenas erupções na pele dos bebés que aparecem no final do primeiro mês de vida. Ocorre geralmente na pele da face do bebé que apresenta pequenas borbulhas avermelhadas e por vezes ásperas que popularmente são apelidadas de “medranço”. Medrar significa crescer e o aparecimento destas lesões constituía um sinal positivo de que o bebé tinha ultrapassado a fase de maior risco de doença grave ou morte.

As principais causas: As lesões podem resultar da adaptação da pele dos bebés ao meio envolvente. Como a pele deixa de estar rodeada pelo líquido amniótico, sem alergénios, reage ao ser sujeita a agressões térmicas, químicas, físicas.

Como atuar: O tratamento é simples consistindo em lavar com cuidado o rosto com água e sabão neutro uma vez por dia e secar bem. Pode ser aplicado um hidratante neutro. As lesões desaparecem gradualmente até ao final dos primeiros três meses de vida.

Texto: Ordem dos Enfermeiros, Colégio da Especialidade de Enfermagem em Saúde Infantil e Pediátrica