Anúncio foi feito esta segunda-feira.



A Renault anunciou hoje a aquisição da escuderia Lotus, com o objetivo de regressar ao Mundial de Fórmula 1 enquanto equipa na época de 2016.




"O Grupo Renault e a Gravity Motorsports (...) formalizaram a finalização da aquisição de uma participação maioritária no capital da Lotus F1 Team Limited", lê-se num comunicado da construtora francesa de automóveis.
Presente na F1 de maneira quase ininterrupta desde 1977, com uma escuderia ou apenas como fornecedora de motores, a Renault foi campeã do mundo em 2005 e 2006 com o espanhol Fernando Alonso, sob a designação de Renault F1.
Enquanto fornecedora de motores, a Renault conquistou consecutivamente quatro títulos de construtores e outros tantos de pilotos, entre 2010 e 2013, com a Red Bull Racing e o alemão Sebastian Vettel.


nm