«Os jogadores têm de acreditar que vamos fazer uma grande segunda volta» - Petit

Petit abordou ao final desta quinta-feira a difícil deslocação de amanhã ao terreno líder Sporting a contar para a primeira jornada da 2ª volta da Liga.

O treinador do Tondela assume as dificuldades do jogo de Alvalade com um adversário forte e moralizado. «Estamos a falar do primeiro classificado e um candidato ao título», salienta.

Estas são razões suficientes para acreditar que o grau de dificuldade será elevado, mas o técnico continua a trabalhar para melhorar comportamentos e identidade da equipa. «Sabemos que vamos sofrer no jogo mas quando tivermos vamos tentar criar algumas situações de perigo”, avisa.

Petit já roubou pontos ao Sporting esta época quando estava ao serviço do Boavista.

Questionado se conhece a forma de travar os leões, o treinador diz que o Tondela luta em todos os jogos para conquistar pontos. «Vamos defrontar o primeiro classificado e jogar num estádio extremamente difícil onde o adversário tem sete vitórias e um empate», lembra.

O objetivo é ter «uma personalidade forte» e quando a equipa não tiver bola há que saber sofrer e «sermos agressivos em termos ofensivos».
Para a segunda volta que começa com este jogo, Petit já fez as contas: «São 17 jogos, 51 pontos, oito jogos em casa e nove fora», apesar do último lugar, acredita que a equipa está a crescer, «pena é que os resultados por uma razão ou outra não esteja acompanhar», lamenta.

O técnico reconhece que o favoritismo está todo do lado do adversário mas os seus jogadores também tem uma palavra dizer. «Vamos ter que saber sofrer sem bola porque o Sporting é uma equipa com um caudal ofensivo muito forte», explica.

Petit passou a contar esta quinta-feira, com um novo reforço para o setor defensivo, o brasileiro Lima chega por empréstimo do Grémio Anápolis.

O treinador aprecia as qualidades do jovem jogador: «Estava referenciado há algum tempo. Vem acrescentar qualidade e melhorar o plantel», concluiu.