A medida aplica-se a veículos com cilindrada superior a 250 cm3 e deve custar 12,50 euros mais IVA.


Foto: DR

A inspecção obrigatória a motos vai avançar já em Outubro.

A medida aplica-se a veículos com cilindrada superior a 250 cm3 e deve custar 12,50 euros mais IVA.


A informação é avançada pelo “Jornal de Notícias”, que cita Paulo Areal, presidente da Associação Nacional de Centros de Inspecção Automóvel (ANCIA).


O mesmo responsável acrescenta que está em conversações com o Governo para estender as inspecções a todos os veículos de duas e três rodas, tractores e máquinas industriais.

O sector pede ainda mexidas nos automóveis e quer que revisão sempre que haja mudança de dono.


Fonte do Ministério do Planeamento e das Infra-estruturas afirmou que a extensão de inspecção às cilindradas mais baixas "está a ser estudada, valendo a pena ser analisada com mais cuidado".


Segundo a ANCIA, nos Açores a obrigatoriedade de inspecção a todos os motociclos existe desde 1994, tendo-se verificado uma diminuição da sinistralidade.

Mas o sector pede ainda outras alterações: uma revisão sempre que haja mudança de dono e a última inspecção tenha sido realizada há mais de três meses; uma inspecção extraordinária em caso de acidente, sempre que se apresentem danos estruturais nos veículos; ou ainda uma inspecção anual obrigatória para controlo de gases poluentes.

Fonte