1. #1
    Avatar de Lordelo
    Registo
    Aug 2007
    Idade
    68
    Posts
    5.626

    Padrão NOS convida Meo e Cabovisão a entrarem no acordo de partilha de conteúdos desportivos

    A NOS já endereçou convites ao Meo e à Cabovisão para entrarem no acordo celebrado com a Vodafone, e anunciado esta quarta-feira ao mercado, para a partilha de transmissão de eventos desportivos, soube o Económico.

    A carta endereçada aos dois operadores terá sido assinada pela NOS e pela Vodafone, uma vez que esta é uma das subscritoras do memorando de entendimento. A missiva convida os dois operadores para se juntarem ao memorando de entendimento para a partilha de transmissão de eventos desportivos e comparticipação nos custos dos conteúdos.

    No comunicado enviado esta manhã antes da abertura do mercado, a NOS deixava claro que “os demais operadores de comunicações electrónicas presentes no mercado português poderão aderir ao acordo que venha a ser estabelecido, desde que tal adesão seja efectuada nos termos e nas condições idênticas às acordadas entre as partes”.

    O convite agora feito às duas empresas de telecomunicações vem de encontro à afirmação de Miguel Almeida feita esta manhã em comunicado que a propósito do acordo estabelecido com a Vodafone afirmava: “este acordo é um passo determinante na concretização do compromisso que assumimos, desde o primeiro momento, em assegurar condições para que os conteúdos desportivos estejam disponíveis para todos os operadores”.

    A Meo e a NOS iniciaram uma batalha pelos conteúdos desportivos que até agora eram dominados pela PPTV, empresa de Joaquim Oliveira. A NOS fechou em Dezembro um acordo com o Benfica para a venda dos direitos televisivos, a Meo contra-atacou e fechou a acordo com o FC Porto, e Miguel Almeida ripostou e assinou também um acordo com o Sporting. Seguiram-se ainda acordos com outros clubes como o Braga, Marítimo e Belenenses, entre outros.

    De resto, a “guerra” entre a NOS e a Meo estende-se também ao Porto Canal, é que o Meo no acordo estabelecido com o Porto assegurou também a distribuição exclusiva do Porto Canal tendo mesmo cortado o sinal deste canal na plataforma da NOS.

  2. #2
    Avatar de PSonic
    Registo
    Feb 2007
    Idade
    33
    Posts
    5.903

    Padrão

    Isso é tudo muito bonito, mas duvido que caso todos se juntem para dividir custos isso se reflita nas assinaturas dos clientes. Continuaremos a pagar o mesmo e eles a terem mais lucros visto estarem a dividir despesas!
    A Meo a juntar-se à NOS, não sei não.

  3. #3

    Registo
    Sep 2006
    Posts
    404

    Padrão

    Eu acho que lhes interessa chegar a um entendimento porque as pessoas não vão estar a pagar várias assinaturas para vários clubes.

  4. #4
    Avatar de COOL_MAN
    Registo
    Sep 2006
    Localização
    GFORUM
    Posts
    351

    Padrão

    FDX estes gajos podem partilhar entre eles os eventos desportivos e nós Nâo???
    COOL MAN IN THE FORUM

  5. #5
    Avatar de Feraida
    Registo
    Feb 2012
    Localização
    A 100 Km do Sol Nascente
    Posts
    4.063

    Padrão

    NOS terá acesso a conteúdos desportivos da Vodafone Internacional

    Acordo com a Vodafone abre à operadora liderada por Miguel Almeida o acesso a importantes conteúdos desportivos internacionais.

    Paula Nunes

    O acordo assinado entre a NOS e a Vodafone para a distribuição de conteúdos desportivos poderá beneficiar a operadora liderada por Miguel Almeida, caso a Vodafone Internacional (casa-mãe) decida entrar na guerra dos conteúdos desportivos. É que o acordo ontem dado a conhecer não se cinge apenas aos conteúdos que já são detidos pelas operadoras, mas também aos que vierem a ser detidos no futuro e também a conteúdos desportivos internacionais.


    No mercado do 'pay-tv', os conteúdos desportivos são considerados 'killer contents', ou seja, conteúdos que são decisivos nesse competitivo mercado.


    Em declarações ao Económico, fonte oficial da NOS adiantou que “o acordo prevê a disponibilização recíproca dos conteúdos desportivos nacionais e internacionais, que sejam actualmente detidos ou que venham a ser detidos pela NOS ou pela Vodafone”.


    Com esta 'nuance' no acordo, e caso a Vodafone opte por entrar na guerra dos conteúdos desportivos, o que até agora não aconteceu, a NOS terá acesso a eventos desportivos mundiais.

    Ainda sobre o acordo para a distribuição recíproca de conteúdos desportivos, fonte oficial da NOS adianta que a operadora considera prematuro vender a nível internacional os direitos dos jogos.


    Sobre as vantagens para os consumidores finais, a NOS adianta que “deixou claro, desde o primeiro momento, que tudo faria para garantir que os seus clientes continuariam a ter acesso aos conteúdos desportivos e que reagiríamos se as regras com que o mercado tem funcionado, se alterassem”.


    Ambas as partes, prossegue fonte da operadora, “neste acordo consideram – e sempre têm publicamente defendido - a existência de um modelo de partilha do acesso a conteúdos desportivos pelos operadores, de modo a que estes estejam disponíveis a todos os portugueses”.


    Já sobre os custos que estes acordos terão para o telespectador a NOS não se alonga afirmando apenas que “os detalhes de qualquer alteração comercial que possa existir, quer por parte da NOS, quer por parte da Vodafone, serão conhecidos a seu tempo”.


    Canal onde os jogos serão distribuídos não está ainda definido


    Fonte oficial da NOS adiantou ao Económico que ainda não está definido em que canal irão ser transmitidos os jogos de futebol.


    “Quer nestes, quer nos demais conteúdos distribuídos pelos operadores - não apenas nos desportivos - compete ao titular dos direitos definir o modelo e a respectiva plataforma de distribuição”. E prosseguiu a mesma fonte: “Tais decisões ainda não foram tomadas, sendo a seu tempo comunicadas. O mais importante é assegurar a universalidade dos conteúdos, e, nesse sentido, este acordo marca um importante marco no atingimento dessa aspiração”.

    Fonte

  6. #6
    Avatar de Lordelo
    Registo
    Aug 2007
    Idade
    68
    Posts
    5.626

    Padrão

    "Com esta 'nuance' no acordo, e caso a Vodafone opte por entrar na guerra dos conteúdos desportivos, o que até agora não aconteceu, a NOS terá acesso a eventos desportivos mundiais"

    Quais são os eventos internacionais da Vodafone? hoje no JN também anuncia que ainda não está definido a subscrição a pagar por a BTV !!! isto vai uma açorda do caraças,não tinam dito que o BTV passava a transmitira jogos da equipa B e dos outros escalões e modalidades e seria como o Porto canal e a Sporting tv?gratuito? num pesco nada desta porcaria este rapaz da Noz anida vai ser como o Bava depois pira-se

  7. #7
    Avatar de DX2
    Registo
    Jan 2011
    Localização
    A 60km do centro de Portugal Continental
    Posts
    5.264

    Padrão

    Por este andar, a seguir serão os operadores a escolher os jogadores e treinadores das equipas a quem compraram os direitos de transmissão que é para a(s) sua(s) equipa(s) terem mais audiências que a(s) dos outros! Parece que o Meo estava disposto a "largar" uns belos milhões para o JJ ir para o FCP, segundo ouvi hoje.

    DX2
    «« O texto acima não foi, nem nunca será, escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico »»

    DEMOCRACIA SEMPRE, ABRIL NUNCA MAIS!



Tópicos Similares

  1. Respostas: 0
    Último Post: 06-04-2016, 23:39
  2. RTP fecha acordo com Meo para os conteúdos no cabo
    Por Lordelo no fórum Programação Televisiva
    Respostas: 0
    Último Post: 02-11-2015, 20:43
  3. Respostas: 0
    Último Post: 02-09-2014, 17:38
  4. Cabovisão com site de cara lavada e novos conteúdos
    Por Satpa no fórum CABO (Nos - Cabovisão)
    Respostas: 0
    Último Post: 02-10-2008, 09:35

Permissões de Postagem

  • Você não pode iniciar novos tópicos
  • Você não pode enviar respostas
  • Você não pode enviar anexos
  • Você não pode editar suas mensagens
  •  

Conectar

Conectar