Como deve ser a aparência do carro perfeito?


Clique na imagem para uma versão maior

Nome:	         AutomóvelPerfeitoGForum_1.jpg
Visualizações:	7
Tamanho: 	32,2 KB
ID:      	150362

Esta foi uma das inúmeras misturas feitas pela equipa, para verificarem como é a média dos modelos de automóvel de maior sucesso no mercado.

Imagem: Yan Liu

O automóvel perfeito


Será possível descobrir como deve ser o automóvel ideal, para os consumidores e para os fabricantes?
Um grupo de cientistas da Universidade da Califórnia, nos EUA, propôs-se a responder a esta pergunta combinando dados do projecto estético dos automóveis e do seu sucesso.
Como medidor do sucesso de cada modelo, os cientistas usaram as vendas de cada um deles.
Já quantificar a aparência física de produtos reais é muito mais desafiador.
A equipa encarou este desafio usando uma técnica de “morphing” para criar a imagem de um carro "médio" a partir dos diversos modelos de cada marca, e das diversas marcas em cada segmento.
A mistura das imagens permitiu determinar a similaridade de mais de 200 modelos de automóveis de 33 marcas vendidas nos EUA entre 2003 e 2010.
Para cada uma foi calculada a "prototipicalidade" (o quão típico cada automóvel é comparado a outros produtos no mesmo segmento de mercado), a consistência com a marca (o quanto um automóvel se parece com o produto médio da marca) e a imitação entre segmentos (o quanto o projecto de um automóvel imita um modelo de outro segmento).

Imitar os automóveis de luxo


Os resultados mostraram que o design, a concepção estética de cada carro, tem um "efeito ponderado" na preferência do consumidor, com os consumidores preferindo modelos, que não são nem muito semelhantes ao produto médio, nem drasticamente diferentes.
Enquanto os clientes não gostam de automóveis, que se parecem muito diferentes da média do mercado, eles também não querem algo, que se pareça muito igual.
Para aqueles consumidores que compram um automóvel de luxo, é mais importante que o automóvel se pareça consistente com a marca, e menos importante que ele se pareça com outros automóveis de luxo do mercado.
Já os automóveis no segmento económico saem-se melhor junto ao público, quando imitam a estética dos automóveis de luxo.
"Em contraste com pesquisas anteriores, que mostraram, que os consumidores preferem um carro mais prototípico, o nosso estudo destaca a vantagem de introduzir algum nível de frescura num novo modelo, particularmente se esses elementos de design exclusivos imitarem os de um automóvel de luxo," disse o professor Subramanian Balachander, que coordenou a pesquisa.

SIT