Não está certo ou errado, mas há fatores que deve considerar. No entanto, a partir de certa idade, continuar a tomar banho com o seu filho pode marcá-lo para toda a vida, segundo destacam os especialistas.

Tomar banho com as crianças pode ser mais rápido, uma forma mais simples de as ensinar a tomar banho sozinhas sem se molhar todo ou até uma forma de as convencer quando elas decidem não gostar da hora do banho.


Em termos de educação não é algo certo ou errado, é apenas uma decisão que os pais devem tomar com base no que é melhor para a família, mas há fatores e riscos a considerar.

No seu site a Fox News destaca que por um lado é preciso ter em conta a segurança, pois estando o pai ou mãe molhado e o bebé também há o risco de o bebé lhe escorregar das mãos quando tenta pegar nele.

A Dra. Sarah Bauer, pediatra especialista no desenvolvimento do Lurie Children’s Hospital em Chicago contou à Fox News que por volta dos dois anos as crianças começam a perceber que há diferenças no desenvolvimento físico do homem e da mulher. Por isso deve ter em conta como quer ensinar o seu filho coisas como modéstia e privacidade.

Dos três aos cinco anos as crianças começam a perceber os conceitos de público vs privado, por isso esta é a idade em que é apropriado parar de tomar banho com o seu filho, segundo destaca a especialista. Não travar este hábito pode mesmo marcar o seu filho psicologicamente.


Considere ainda que estando a preparar o seu filho para viver de forma independente no mundo, tomar banho sozinho, bem como vestir-se ou ir à casa de banho, pode ter um papel importante no seu desenvolvimento.

IN:NM