O popular website Wikileaks está a passar uma vergonha, depois do seu site ter sido atacado por hackers.





Os hackers acederam aos serviços de DNS do site e alteraram-no, alojando mensagens de humilhação contra a equipa de Julian Assange.
Os hackers não conseguiram entrar em qualquer servidor, mas sim aproveitaram uma falha no servidor de DNS, onde não se encontravam quaisquer ficheiros.
Quem fez o “trabalho” foram os OurMine, um grupo conhecido por vários ataques célebres, como os o ataque ao CEO do Facebook e a outros CEO de outras empresas populares.




Os resultados foram também alterados no Google, pois o Google Bot “passou” pelo site na altura:





h.portugal