Pere Ribes, cego de nascença, tem 11 anos e comenta jogos de futebol na rádio local L'Olot, do município espanhol com o mesmo nome.

"Se me dessem a opção de poder ver, diria que não. Ver obrigar-me-ia a ser outra pessoa, a viver de outra maneira, a aprender outra vez a ler e a escrever. Sou muito feliz por ser como sou", desabafou ao jornal "La Vanguardia", que, este sábado, publicou uma entrevista ao rapaz.

Como as crianças da sua idade, Pere acaba de entrar para o primeiro ciclo. Segue os estudos com normalidade e gosto particular pelas línguas e pela música. Tem um computador que "fala" - graças a um programa disponibilizado na escola - e professores dedicados.

Além de ser "apaixonado" pela vida, Pere é também famoso. Diz ser conhecido "em toda a Garrotxa", região da Catalunha onde reside. A fama começou quando, há quatro anos, foi atuar à televisão. "Toda a gente me cumprimentava na rua", assegura.

Além da paixão pela música, tem outros dois grandes amores. Um é nadar - fá-lo dois dias por semana para se sentir "relaxado" - e o outro é, como qualquer rapaz de 11 anos, o futebol. Mas mais do que andar atrás da bola, Pere gosta é de comentar os jogos. Gosta tanto que quer fazer disso profissão. Quando for grande, vai ser jornalista desportivo.

Com a rádio, vejo perfeitamente tudo o que acontece

A certeza começou há cerca de três anos, quando a mãe de Pere o levou para junto da zona de imprensa, durante um jogo de futebol em Olot, onde conheceu o jornalista David Planella, que transmitia os jogos através da emissora local e que, mais tarde, viria a convidar Pere para comentar os jogos a seu lado. Desde então, o jovem catalão já comentou mais de 30 partidas de futebol, todas em casa.

"Com a rádio, vejo perfeitamente tudo o que acontece.

O locutor descreve o campo, quem tem a bola e o que acontece. O resto é imaginação. Eu apareço mais tarde e intervenho", contou, acrescentando que, apesar de não ver os jogos, estuda-os como ninguém.

Pere integra, pela terceira época, a equipa do programa desportivo L'Olot, da Rádio Olot, ao lado dos jornalistas e comentadores David Planella, Pau Masó, David Bosch e Sandra Sotillo.

IN:JN