1. #1
    Avatar de Feraida
    Registo
    Feb 2012
    Localização
    A 100 Km do Sol Nascente
    Posts
    4.022

    Padrão Mais escândalos! Depois dos "Dieselgate"… o "Açogate"!

    Mais escândalos! Depois dos "Dieselgate" e "Airbagate"… o "Açogate"!

    a.jpga.jpgb.jpgc.jpgd.jpge.jpgf.jpgg.jpgh.jpgi.jpgj.jpgl.jpg

    Como se não houvesse já escândalos suficientes em torno da indústria automóvel, no Japão acaba de rebentar um novo e de proporções verdadeiramente gigantescas que não se sabe onde poderá terminar, podendo colocar em causa várias indústrias daquele país, nomeadamente a automóvel! A Kobe Steel, gigante nipónico do aço, reconheceu que tem fornecido produtos adulterados e de características técnicas falsificadas ao longo dos últimos dez anos!

    Depois do "Dieselgate" que fez estremecer o poderoso Grupo VW e do caso dos "airbags" defeituosos da Takata que fornecia inúmeras marcas e que acabou mesmo por levar a gigantesca companhia japonesa à falência, aparece agora esta história incrível da siderurgia japonesa fornecedora não só de praticamente todas as marcas de automóveis nipónicos, mas também da indústria de defesa local e de muitos outros sectores, num total de 200 empresas…

    Foram vários os quadros da companhia que reconheceram que era prática corrente, há cerca de uma década, a falsificação dos formulários com as características dos produtos de ferro, alumínio e cobre, colocando dados sobre resistência ou flexibilidade do material, entre outros, que não correspondiam à realidade. Mas que eram os necessários para esses materiais serem homologados e satisfazerem as necessidades dos clientes finais…

    Entre esses clientes estão a Toyota, Nissan, Honda, Mitsubishi, Mazda e Subaru! Enquanto as acções da Kobe Steel caíam a pique (21% ontem e mais de 20% hoje), o governo pressionou a empresa a apurar as consequências da sua fraude, até porque está muito equipamento da Defesa em causa… Mas também do lado dos construtores automóveis terá de haver um aprofundado estudo para ver até que ponto os materiais provenientes da Kobe steel podem colocar em causa os níveis de segurança exigidos até pelas próprias marcas.

    Agora, imagine-se que são descobertas fraquezas importantes e comprometedoras nos aços fornecidos pela Kobe Steel aos construtores nipónicos – e aqui calcula-se que estejamos a falar apenas dos carros construídos nas fábricas japonesas –, as consequências que isso teria… Implicaria chamar todos os automóveis construídos no Japão e substituí-los, pois não se pode reparar todas uma estrutura se o aço usado na sua construção tiver sido falsificado! E isso teria custos gigantescos, quase incalculáveis… Quando pensamos que já assistimos ao maior escândalo possível, há sempre uma surpresa ao virar da esquina!

    Fonte
    Última edição por Feraida; 12-10-2017 às 13:32.

  2. #2
    Avatar de p.rodrigues
    Registo
    Apr 2007
    Localização
    Estremadura
    Idade
    50
    Posts
    5.210

    Padrão

    Enfim, a ganância não olha a meios.... digam-me lá, sff, neste tipo de situações a pena de morte não era de aplicar?

  3. #3
    Avatar de Feraida
    Registo
    Feb 2012
    Localização
    A 100 Km do Sol Nascente
    Posts
    4.022

    Padrão

    Citação Postado originalmente por p.rodrigues Ver Post
    Enfim, a ganância não olha a meios.... digam-me lá, sff, neste tipo de situações a pena de morte não era de aplicar?
    Pena de morte não estou muito de acordo (por uma questão de princípio) mas, quantas vidas este tipo de fraude pode retirar por via de acidentes inexplicáveis à luz da resistência e segurança dos materiais falsificados? Veículos automóveis ou outros, estruturas habitacionais, sei lá onde isto pode chegar...

    Mundo cão onde vivemos em que para atingir metas não se olham a meios...

    Cumps

    Feraida

  4. #4
    Avatar de p.rodrigues
    Registo
    Apr 2007
    Localização
    Estremadura
    Idade
    50
    Posts
    5.210

    Padrão

    Não estás "muito de acordo"... significa que existe alguma possibilidade? Esta "possibilidade" existiria se, conforme o descreves e bem, esta fraude poder vir a tirar a vida de alguém próximo de ti?

    Pois todos temos alguém próximo de nós... se estes tipos se permitem, conscientemente, a "brincar" com a vida de alguém está na hora de, no futuro, pensarem muito bem antes de tal acção! Parece-me que só é possível activar esta forma de pensar aplicando a pena de morte.

    "Para grandes males, grandes remédios"

  5. #5
    Avatar de Feraida
    Registo
    Feb 2012
    Localização
    A 100 Km do Sol Nascente
    Posts
    4.022

    Padrão

    Por uma questão ligada à profissão que abracei e a qual exerci durante muitos anos até à reforma(Enfermeiro) aprendi a defender a vida acima de todas as coisas.

    Assim, como posso defender a pena de morte se lutei toda a minha vida a defender e, a promover, a vida?

    Aceito que possa haver quem tenha outra opinião e é respeitável tal como a minha.

    Questões complicadas que a ética nos coloca...

    Entendo que há outras formas de "punir severamente" este tipo de indivíduos sem ser a pena de morte e, sem ser como em Portugal, em que se dão prémios aos corruptos e corruptores!!!!

    Por exemplo:

    1 - O tratamento diferenciado aplicado à VW (Dieselgate) nos EUA e na Europa. Lá pagaram milhões e, na Europa????

    2 - O tratamento aplicado aos alemães e aos portugueses no caso dos submarinos; Lá houve presos, por cá ministros....

    Cumps

    Feraida

  6. #6
    Avatar de DX2
    Registo
    Jan 2011
    Localização
    A 60km do centro de Portugal Continental
    Posts
    5.220

    Padrão

    Não se pode ler as notícias na "diagonal" e mais ainda quando têm origem no CM. Todos sabemos como eles gostam de "embelezar" o texto de maneira sensacionalista.

    O que foi falsificado foram os dados das características dos materiais para irem ao encontro dos elevados requerimentos das homologações, não os materiais em si. Isto não quer dizer que os materiais fornecidos pela Kobe Steel estejam a pôr em causa a segurança dos veículos onde foram utilizados. Caso os materiais tivessem sido falsificados, já há muito que a investigação a vários acidentes ou incidentes involvendo veículos de qualquer das empresas "afectadas" teria posto a nú esta situação.

    DX2
    «« O texto acima não foi, nem nunca será, escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico »»

    DEMOCRACIA SEMPRE, ABRIL NUNCA MAIS!



  7. #7
    Avatar de DX2
    Registo
    Jan 2011
    Localização
    A 60km do centro de Portugal Continental
    Posts
    5.220

    Padrão

    Citação Postado originalmente por p.rodrigues Ver Post
    Enfim, a ganância não olha a meios.... digam-me lá, sff, neste tipo de situações a pena de morte não era de aplicar?
    Não.


    DX2
    «« O texto acima não foi, nem nunca será, escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico »»

    DEMOCRACIA SEMPRE, ABRIL NUNCA MAIS!



  8. #8
    Avatar de p.rodrigues
    Registo
    Apr 2007
    Localização
    Estremadura
    Idade
    50
    Posts
    5.210

    Padrão

    Citação Postado originalmente por Feraida Ver Post
    Por uma questão ligada à profissão que abracei e a qual exerci durante muitos anos até à reforma(Enfermeiro) aprendi a defender a vida acima de todas as coisas.

    Assim, como posso defender a pena de morte se lutei toda a minha vida a defender e, a promover, a vida?

    Aceito que possa haver quem tenha outra opinião e é respeitável tal como a minha.

    Questões complicadas que a ética nos coloca...

    Entendo que há outras formas de "punir severamente" este tipo de indivíduos sem ser a pena de morte e, sem ser como em Portugal, em que se dão prémios aos corruptos e corruptores!!!!

    Por exemplo:

    1 - O tratamento diferenciado aplicado à VW (Dieselgate) nos EUA e na Europa. Lá pagaram milhões e, na Europa????

    2 - O tratamento aplicado aos alemães e aos portugueses no caso dos submarinos; Lá houve presos, por cá ministros....

    Cumps

    Feraida
    Eu entendo a tua "posição"... com certeza que, também, entenderás que a morte pode ser um direito (isto nada a tem relacionado com este tema).

    Para mim, quando de forma deliberada, alguém tem este tipo de atitude que, eventualmente, poderá causar acidentes que levem a perda de vida humanas, então tem que pagar o preço mais elevado... curiosamente neste país, o Japão, o Harakiri remonta ao século 12 e ainda acontece (raramente).

    Citação Postado originalmente por DX2 Ver Post
    Não se pode ler as notícias na "diagonal" e mais ainda quando têm origem no CM. Todos sabemos como eles gostam de "embelezar" o texto de maneira sensacionalista.

    O que foi falsificado foram os dados das características dos materiais para irem ao encontro dos elevados requerimentos das homologações, não os materiais em si. Isto não quer dizer que os materiais fornecidos pela Kobe Steel estejam a pôr em causa a segurança dos veículos onde foram utilizados. Caso os materiais tivessem sido falsificados, já há muito que a investigação a vários acidentes ou incidentes involvendo veículos de qualquer das empresas "afectadas" teria posto a nú esta situação.

    DX2
    Sim o CM tem uma forma peculiar de colocar as notícias ou pelo menos algumas... que o diga o José Sócrates!

    Mas não anda muito longe da real situação. Deixo aqui a notícia trazida pela BBC (tradução a cargo do Google Tradutor):

    O Japão Kobe Steel aumentou o número de empresas que diz ter sido afetada por seu escândalo de fabricação de dados de 200 a 500.

    Ele também disse ter encontrado "ações inadequadas" relacionadas a mais nove produtos, incluindo a falsificação de dados.

    No início desta semana, a Kobe admitiu a falsificação de dados de qualidade em alguns de seus produtos por até uma década.

    A notícia eliminou cerca de US $ 1.8 bilhões no valor de mercado da Kobe Steel nesta semana.

    Mais de 30 clientes não-japoneses, incluindo Daimler e Airbus, foram afetados pela fabricação de dados da empresa, informou o jornal japonês Nikkei na sexta-feira.

    A Airbus disse que não comprou produtos diretamente da Kobe Steel, mas que estava investigando sua cadeia de suprimentos.

    "Até agora, não identificamos fornecedores que adquiram materiais da Kobe Steel para peças instaladas em nossa aeronave", disse um porta-voz.
    Escândalo de escuridão

    Uma investigação interna na Kobe Steel encontrou 70 casos de adulteração de dados em sua unidade de pesquisa Kobelco.

    Fabricante como a General Motors, a Boeing e a Toyota estão investigando se eles usaram algum dos materiais sub-padrão da terceira maior fabricante de aço do Japão.

    A Boeing usou produtos da Kobe Steel que incluem aqueles falsamente certificados pela empresa japonesa, informou a Reuters.

    O maior fabricante mundial de jatos de passageiros não considera isso como uma questão de segurança, mas a revelação pode aumentar os custos de compensação para a empresa japonesa, disse a agência de notícias.

    A Central Japan Railway disse que algumas peças da Kobe Steel para seus trens de bala não atendiam aos padrões industriais japoneses, mas não havia problemas de segurança.

    Hitachi disse que seus novos trens na Grã-Bretanha usaram a Kobe Steel, mas todos passaram por testes rigorosos.

    Mazda e Honda disseram que usaram o alumínio Kobe em alguns bonés de carro.

  9. #9
    Avatar de Feraida
    Registo
    Feb 2012
    Localização
    A 100 Km do Sol Nascente
    Posts
    4.022

    Padrão

    Citação Postado originalmente por DX2 Ver Post
    Não se pode ler as notícias na "diagonal" e mais ainda quando têm origem no CM. Todos sabemos como eles gostam de "embelezar" o texto de maneira sensacionalista.

    O que foi falsificado foram os dados das características dos materiais para irem ao encontro dos elevados requerimentos das homologações, não os materiais em si. Isto não quer dizer que os materiais fornecidos pela Kobe Steel estejam a pôr em causa a segurança dos veículos onde foram utilizados. Caso os materiais tivessem sido falsificados, já há muito que a investigação a vários acidentes ou incidentes involvendo veículos de qualquer das empresas "afectadas" teria posto a nú esta situação.

    DX2
    Parece-me que se não leu na diagonal, escreveu...

    Se não vejamos:
    - O que foi falsificado foram os dados das características dos materiais para obedecerem aos requesitos das homologações...

    Se as características técnicas foram falsificadas logo, os materiais que não obedecem às especificações para os quais foram produzidos, foram falsificados (se lhe quer chamar outra coisa tudo bem mas, para mim, é falsificação).

    Acho que é assim que se deve ler a notícia.

    Cumps

    Feraida

Tópicos Similares

  1. Respostas: 0
    Último Post: 23-01-2017, 11:26
  2. Respostas: 0
    Último Post: 16-07-2013, 14:17
  3. Respostas: 0
    Último Post: 19-01-2011, 21:47
  4. Respostas: 0
    Último Post: 11-12-2010, 23:24
  5. Respostas: 1
    Último Post: 12-08-2009, 09:22

Permissões de Postagem

  • Você não pode iniciar novos tópicos
  • Você não pode enviar respostas
  • Você não pode enviar anexos
  • Você não pode editar suas mensagens
  •  

Conectar

Conectar