A estação de energia eólica de Âncora, em Moimenta da Beira, foi inaugurada há pouco mais de um ano e é quase um caso único no mundo. Além de produzir energia elétrica a partir de fontes renováveis, foi escolhida para fazer parte do projeto WindArt, financiado pela empresa que gere esta central, a Senvion. Além de produzir 150 MW de energia, também foi pintada por dois artistas portugueses, Joana Vasconcelos e Alexandre Farto, mais conhecido como Vhils.





O projeto WindArt começou em 2014 quando a Senvion contratou dois artistas australianos para dar cor à estação eólica de Hepburn Wind, na Austrália. Dois anos depois, foi a vez do projeto português, que necessitou de atenção especial nos impactos paisagístico e ambiental, para produzir algo distinto do projeto anterior. Agora, a empresa alemã fez algo diferente, com um concerto de música étnica no topo de uma turbina em Gaspé, na zona francófona do Canadá.