Página 2 de 4 Primeiro 1 2 3 ... Último

Tópico: Dakar 2018

  1. #16

    Registo
    Sep 2006
    Posts
    40.425

    Padrão Oficial: Villas-Boas anuncia abandono do Dakar

    Treinador de futebol português teve esta terça-feira um acidente e abandonou a prova.






    Depois de um acidente sofrido durante a etapa de terça-feira do Dakar’2018, no deserto de San Juan de Marcona, no Peru, André Villas-Boas foi transportado de helicóptero para o hospital e agora deixou uma mensagem aos seus seguidores.




    O técnico de futebol disse que tanto ele como o seu co-piloto estão bem e anunciou também a sua retirada do Dakar, explicado também o acidente que o levou a abandonar a prova.



    “Só para dizer a todos que eu e o Rúben [Faria] estamos bem e de regresso ao acampamento. Nós saltamos numa duna e o carro caiu de nariz. O Dakar acabou para nós infelizmente. Melhor sorte da próxima vez! Obrigado a todos pelas mensagens de apoio”, escreveu André Villas-Boas nas redes sociais.


    Após a terceira etapa, disputada na segunda-feira, Villas-Boas, ocupava o 43.º lugar do Dakar.



    nm


  2. #17
    Avatar de benfas69
    Registo
    Oct 2016
    Idade
    46
    Posts
    12.444
    Resumo - Carros - Etapa 4 (San Juan de Marcona / San Juan de Marcona) - Dakar 2018

    e não se esqueçam de jogar no Totobola do GForum...



  3. #18
    Avatar de benfas69
    Registo
    Oct 2016
    Idade
    46
    Posts
    12.444
    Resumo - Motas - Etapa 4 (San Juan de Marcona / San Juan de Marcona) - Dakar 2018

    e não se esqueçam de jogar no Totobola do GForum...



  4. #19
    Avatar de benfas69
    Registo
    Oct 2016
    Idade
    46
    Posts
    12.444
    Resumo - Camiões/Quad/SxS - Etapa 4 (San Juan de Marcona / San Juan de Marcona) - Dakar 2018

    e não se esqueçam de jogar no Totobola do GForum...



  5. #20
    Avatar de benfas69
    Registo
    Oct 2016
    Idade
    46
    Posts
    12.444
    Sebastian Loeb abandona após acidente


    O francês Sebastian Loeb, em Peugeot, abandonou esta quarta-feira o Dakar, depois de sofrer um acidente, informou a organização.

    O ex-campeão do Mundo de ralis 'caiu' num fosso de areia, sendo que, ainda de acordo com a organização, o seu co-pilot, Dabiel Elena, ficou ferido, pelo que a dupla optou pelo abandono, numa altura em que já estava a perder três horas.

    Record
    e não se esqueçam de jogar no Totobola do GForum...



  6. #21
    Avatar de benfas69
    Registo
    Oct 2016
    Idade
    46
    Posts
    12.444
    PETERHANSEL MAIS LÍDER APÓS ABANDONO DE LOEB, CARLOS SOUSA ATRASA-SE


    O francês Stéphane Peterhansel (Peugeot) venceu a 5.ª etapa do Rali Dakar e reforçou a liderança na classificação geral face à desistência do segundo classificado, o compatriota e colega de equipa Sébastien Loeb.

    Loeb foi obrigado a abandonar depois de ter ficado preso numa zona de dunas que apanhou vários pilotos, entre eles Carlos Sousa (Renault) que prossegue em prova mas com atraso de quatro horas e meia.

    O único piloto português em prova após a desistência de André Villas Boas, na quarta etapa, deverá assim perder alguns lugares na geral, isto depois de ter terminado a tirada anterior no top-15.

    O espanhol Carlos Sainz (Peugeut), que foi o quarto mais rápido nesta etapa de 934 quilómetros de ligação entre San Juan de Marcona e Arequipa, no Peru, é agora o segundo classificado a 31.16 minutos de Peterhansel.

    Nas motos, a vitória foi para o espanhol Joan Barreda (Honda), mas o francês Andrien van Bereven (Yamaha) mantém a condição de líder, ainda que com vantagem reduzida para um minuto em relação ao segundo classificado, o argentino Kevin Benavides.

    A Bola
    e não se esqueçam de jogar no Totobola do GForum...



  7. #22
    Avatar de benfas69
    Registo
    Oct 2016
    Idade
    46
    Posts
    12.444
    BENAVIDES É O PRIMEIRO ARGENTINO A LIDERAR O DAKAR


    O motard argentino Kevin Benavides (Honda) é o novo líder do 40.º Rali Dakar, depois de esta quinta-feira ter sido segundo na sexta etapa, com o francês Stéphane Peterhansel (Peugeot) a manter o domínio nos carros.

    Benavides tornou-se no primeiro argentino a liderar o Dakar em 40 edições ao terminar os 196 quilómetros cronometrados a 30 segundos do vencedor da etapa, o francês Antoine Meo (KTM), que concluiu a tirada entre a cidade peruana de Arequipa e a capital da Bolívia, La Paz, em 1:54.10 horas.

    O argentino destronou o francês Adrien van Beveren (Yamaha), que é agora segundo a 1.57 minutos, com o austríaco Matthias Walkner (KTM) no terceiro posto, a 2.50.

    Já Meo subiu ao sétimo posto, a 10.42 minutos, e enquadra-se num grupo perseguidor do trio mais destacado que inclui ainda o espanhol Joan Barreda (Honda), que já liderou a prova e segue no quinto lugar, ou o australiano Toby Price, campeão em 2016 e agora sexto.

    O único português ainda em prova é Fausto Mota (Tesla-Tamega Rally), que hoje foi 45.º na etapa, ainda que tenha caído para 59.º na geral, fruto de uma penalização de seis minutos.

    Nos carros, o bicampeão em título, e vencedor da prova por um número recorde de 13 vezes, continua a dominar os concorrentes, ainda que hoje tenha tido de se contentar com o segundo posto da etapa, atrás do espanhol Carlos Sainz (Peugeot).

    O Senhor Dakar, contudo, cedeu apenas 4.06 minutos para o colega de equipa, que é segundo à geral a mais de 27 minutos. No terceiro posto segue o holandês Bernhard Ten Brinke (Toyota), a mais de uma hora e 20 minutos de Peterhansel.

    O piloto francês parece estar cada vez mais a caminho da 14.ª vitória, depois da desistência do colega de equipa e compatriota Sebastien Loeb, na quarta-feira, ter deixado Sainz como único piloto com menos de uma hora de distancia.

    O dia fica ainda marcado pelos confrontos entre a polícia e manifestantes que se opõem à realização da corrida, em La Paz, ainda que estes não tenham afetado a prova.

    Cerca de 100 pessoas envolveram-se em confrontos com as forças policiais, que utilizaram gás pimenta e gás lacrimejante para os dispersar da beira da estrada, utilizada por pilotos e organização.

    Segundo a agência noticiosa AFP, um veículo da organização foi atingido com cadeiras e garrafas de água vazias.

    A corrida decorre no meio de um clima social tenso na Bolívia, onde a contestação do presidente Evo Morales tem subido de tom.

    O presidente, no cargo desde 2006, deu as boas-vindas à prova através da rede social Twitter, manifestando o "orgulho de participar num evento que pode integrar a Bolívia no mundo, promover o desporto e atrair turistas".

    Record
    e não se esqueçam de jogar no Totobola do GForum...



  8. #23
    Avatar de benfas69
    Registo
    Oct 2016
    Idade
    46
    Posts
    12.444

    Carlos Sousa em 18.º na sexta etapa



    Depois de um dia mau, muito mau, na última etapa no Peru, Carlos Sousa (Renault), o único português que ainda sobrevive no Dakar de 2018, teve esta quinta-feira motivos para sorrir, no dia em que a caravana entrou no segundo país que acolhe a prova, a Bolívia.

    O piloto de Almada realizou o 18.º tempo da sexta etapa (a quase meia hora do vencedor da tirada), estando agora em 24.º da geral (era 26.º), a 9 horas e 51 minutos do líder.

    A Peugeot, de resto, continua a dominar, sorrindo desta vez a vitória ao veterano espanhol Carlos Sainz, à frente do colega e líder incondicional, o francês Stephane Peterhansel.

    Record
    e não se esqueçam de jogar no Totobola do GForum...



  9. #24
    Avatar de benfas69
    Registo
    Oct 2016
    Idade
    46
    Posts
    12.444

    Pilotos na Bolívia com a ajuda da... coca



    A caravana no Dakar’2018 já está na Bolívia, onde o maior problema de todos os pilotos será... a altitude.

    À chegada à capital, La Paz, os participantes da prova foram recebidos com folhas de coca, uma planta que para além de dar origem à cocaína é muito famosa no país por ser legalmente utilizada para efeitos terapêuticos, entre os quais precisamente o combate aos incómodos físicos provocados pela elevada altitude.

    Evo Morales, presidente da Bolívia que recebeu os pilotos, é de resto um ex-produtor da planta e acérrimo defensor das suas virtudes.

    Depois de um dia de folga, o Dakar volta este sábado à estrada, para cumprir a sétima etapa, com o francês Stephane Peterhansel (Peugeot) e o argentino Kevin Benavides (Honda) na liderança, respetivamente em carros e motos.

    Record
    e não se esqueçam de jogar no Totobola do GForum...



  10. #25
    Avatar de benfas69
    Registo
    Oct 2016
    Idade
    46
    Posts
    12.444
    Resumo - Carros/Motas - Etapa 5 (San Juan de Marcona / Arequipa) - Dakar 2018

    e não se esqueçam de jogar no Totobola do GForum...



  11. #26
    Avatar de benfas69
    Registo
    Oct 2016
    Idade
    46
    Posts
    12.444
    Resumo - Camiões/Quad/SxS - Etapa 5 (San Juan de Marcona / Arequipa) - Dakar 2018

    e não se esqueçam de jogar no Totobola do GForum...



  12. #27
    Avatar de benfas69
    Registo
    Oct 2016
    Idade
    46
    Posts
    12.444
    Resumo - Camiões/Quad/SxS - Etapa 6 (Arequipa / La Paz) - Dakar 2018

    e não se esqueçam de jogar no Totobola do GForum...



  13. #28
    Avatar de benfas69
    Registo
    Oct 2016
    Idade
    46
    Posts
    12.444
    Resumo - Carros / Motas - Etapa 6 (Arequipa / La Paz) - Dakar 2018

    e não se esqueçam de jogar no Totobola do GForum...



  14. #29
    Avatar de benfas69
    Registo
    Oct 2016
    Idade
    46
    Posts
    12.444
    Carlos Sainz é o novo líder nos carros


    O espanhol Carlos Sainz (Peugeot) é o novo líder do 40.º Rali Dakar, depois de este sábado ter vencido a sétima etapa nos carros e de o francês Stephane Peterhansel (Peugeot) ter perdido quase duas horas por problemas mecânicos.

    O espanhol, que antes do início da etapa era segundo da geral, a 27.10 minutos do colega de equipa Peterhansel, completou os 413 quilómetros cronometrados da especial em 4:49.26 horas, conquistando a segunda etapa consecutiva.

    O 'Senhor Dakar', bicampeão em título e 13 vezes vencedor da prova, perdeu uma hora e 45 minutos quando ficou parado ao quilómetro 186, enquanto resolvia problemas na suspensão.

    A etapa deste sábado era de 'maratona', o que significa que os pilotos não podiam receber assistência mecânica até ao final do dia. O colega de equipa e compatriota Cyril Despres, já arredado da corrida pela vitória, parou para ajudar Peterhansel.

    Num dia marcado pelo mau tempo, com a lama a dificultar o caminho, e pela altitude, com grande parte da etapa decorrida a mais de 3.700 metros de altitude, Sainz, que já era o único piloto capaz de ameaçar a liderança do 'Senhor Dakar', saiu com uma grande vitória.

    Além do afastamento de Peterhansel, o rival mais próximo, o catari Nasser Al-Attiyah (Toyota), hoje terceiro, está a 1:11.29 horas de distância, com o sul-africano Giniel de Villiers (Toyota) no quarto lugar, a 1:20.54, depois de hoje ter sido segundo na etapa.

    O anterior líder é agora terceiro, a 1:20.46 horas, e terá pela frente, na etapa de domingo, o derradeiro 'exame' ao Peugeot antes de poder ser assistido.

    Vencedor em 2010, Sainz tem agora uma vantagem confortável para gerir em relação a Al-Attiyah, campeão em 2011 e 2015, e a Villiers, que triunfou em 2009.

    O português Carlos Sousa (Renault Duster), que a meio da tirada terá tido algum problema, terminou em 23.º e entrando de novo no top 20 da geral, precisamente para o 20.º posto, a 11:26.13 horas de Sainz.

    Nas motos, o espanhol Joan Barreda continuou a recuperação na tabela, ao vencer a sétima etapa, mas sofreu uma lesão no joelho esquerdo, no último troço da etapa, e pode ter comprometido de novo as aspirações à vitória final.

    O espanhol completou a especial do dia em 5:11.10 horas, seguido do francês Adrien van Beveren (Yamaha), que retomou a liderança, por troca com o argentino Kevin Benavides (Honda), que foi terceiro.

    Barreda subiu ao terceiro lugar da geral com a terceira vitória em sete etapas, estando agora a 4.45 minutos de Beveren, mas a lesão pode ainda obrigá-lo a desistir.

    O único português ainda em prova é Fausto Mota (Tesla-Tamega Rally), que hoje foi 43.º na etapa, tendo 'galgado' mais de 10 posições, para o 44.º posto na geral.

    No domingo, os corredores voltam a encontrar-se com o mau tempo e as dificuldades da altitude na chegada à cidade boliviana de Tupiza, com 498 quilómetros cronometrados de um total de 585.

    Em Tupiza, os carros poderão ser assistidos pelos mecânicos, pelo que Carlos Sainz, agora a grande aposta da Peugeot para ganhar o último Dakar da marca, deve preservar o carro e gerir a vantagem.

    Record
    e não se esqueçam de jogar no Totobola do GForum...



  15. #30
    Avatar de benfas69
    Registo
    Oct 2016
    Idade
    46
    Posts
    12.444
    NONA ETAPA ANULADA DEVIDO AO MAU TEMPO


    A nona etapa do rali Dakar, prevista para segunda-feira entre Tupiza, na Bolívia, e Salta, já na Argentina, foi anulada devido ao mau tempo.

    «A etapa foi anulada porque há muita chuva a cair, muita água no acampamento e estão previstas tempestades. Não são as melhores condições para fazer uma etapa e resolvemos não arriscar», referiu o diretor desportivo Marc Coma.

    A etapa previa 242 quilómetros de especial e 513 de ligação, e marcaria a entrada na Argentina.

    Este domingo corre-se a oitava etapa.

    A Bola
    e não se esqueçam de jogar no Totobola do GForum...



Página 2 de 4 Primeiro 1 2 3 ... Último

Tópicos Similares

  1. Dakar
    Por Freundlich no fórum Geografia Fisica
    Respostas: 0
    Último Post: 04-03-2008, 23:12

Permissões de Postagem

  • Você não pode iniciar novos tópicos
  • Você não pode enviar respostas
  • Você não pode enviar anexos
  • Você não pode editar suas mensagens
  •  

Conectar

Conectar