Claro que findo esse prazo a Microsoft terminou a oferta, tendo deixado apenas uma alternativa de ter o Windows 10 de graça, recorrendo à versão dedicada aos clientes que usam tecnologias de apoio, mas também essas iriam terminar no dia 31 de dezembro. A verdade é que afinal a Microsoft deixou a porta aberta e ainda permite esta possibilidade.









Depois de ter dado um ano aos utilizadores para atualizarem o Windows 7 e o Windows 8.1 para o Windows 10 de forma gratuita, a Microsoft deixou uma alternativa não oficial para que esta atualização ainda pudesse ser feita. Com recurso à versão dedicada aos clientes que usam tecnologias de apoio, era possível ainda fazer a atualização sem qualquer custo.



Tudo apontava para que fosse no dia 31 de dezembro a data limite para a obtenção da versão do Windows 10 dedicada aos clientes que usam tecnologias de apoio. A Microsoft tinha anunciado essa data como limite e esperava-se que fosse mesmo aplicada esta nova regra.



A verdade é que agora, 5 dias depois do início do ano, esta versão especial do Windows 10 ainda está disponível no site da Microsoft dedicado a ela, pronta para ser descarregada e usada por qualquer um.





Esperava-se que mesmo assim esta versão tivesse limitações no momento da instalação, não permitindo a sua ativação ou apresentando uma marca de água a exigir a sua compra.



Mas vários utilizadores já testaram este processo e ele continua da mesma forma que antes, ou seja, está a funcionar de forma perfeita e permite a atualização de qualquer máquina que tenha o Windows 7 ou o Windows 8.1, sem exigir qualquer pagamento e ativando-se sem limitações.



Não se sabe quanto mais tempo a Microsoft irá manter esta versão e este processo disponíveis. A data apontada era o dia 31 de dezembro e poderá em breve ser barrado o acesso. Se deixaram passar, é mesmo agora a hora certa para essa atualização, aproveitando assim esta borla alargada da Microsoft.


Windows 10 – Atualização Gratuita