Na sua terceira geração, o Jazz é um dos modelos de maior sucesso para a Honda. Lançado há cerca de dois anos, o pequeno utilitário com ambições de mini-monovolume da marca nipónica recebe algumas atualizações estéticas que o tornam mais dinâmico, mas esse é também um adjetivo que a marca aplicou para a versão com motor 1.5 i-VTEC de 130 CV de potência, que merece atenção para quem busca uma solução para músicas com outros ritmos.

Teoricamente, seria mais fácil incorporar o motor de 1.0 litro turbo que o Civic já utiliza, por exemplo, mas a Honda entendeu que esse bloco tricilíndrico não iria ser popular junto de mercados como o dos Estados Unidos da América e Japão (onde se vende como Fit), nos quais os motores de grande cubicagem são mais apreciados.

Assim, eis o Jazz com um motor de 1.5 litros capaz de debitar 130 CV às 6600 rpm, com um binário máximo de 155 Nm às 4600 rpm


IN:MOTOR24