Menino pediu a toda a família que contribuísse não com prendas, mas com doações para um projeto para ajudar crianças indianas.








Rubén, um menino da localidade valenciana de La Pobla de Vallbona, decidiu doar os sete mil euros que recebeu de prenda pela sua Primeira Comunhão a uma casa de acolhimento de crianças, na Índia.




O menino, explica o El Mundo, informou toda a família dos seus planos, com a ajuda da mãe. Não queria presentes mas sim doações em dinheiro para um projeto da organização não-governamental ‘Manos Unidas’, para dar melhores condições a uma casa que acolhe atualmente 60 crianças entre os 4 e os 18 anos de idade, provenientes da cidade de Guwahati.


“Graças a Deus, tenho tudo o que preciso, portanto pensei que se quiserem dar-me uma prenda neste dia, podem dar-lhe mais significado fazendo uma doação anónima para um projeto da ‘Manos Unidas’ com o qual estou a colaborar”, escreveu Rubén numa mensagem que enviou à família.




Todo o dinheiro foi entregue à delegação da organização ‘Manos Unidas’ em Valência, que entregou um recibo que foi depois enviado pela mãe de Rubén a todos os que participaram da prenda.



nm