Alguns investigadores da Universidade de Oxford lançaram os resultados de um estudo que sugere que as mulheres cujo rabo é grande têm menos riscos de sofrerem de problemas de saúde. Para além disso, conseguiram também concluir que estas mesmas mulheres são mais inteligentes do que as outras.
Primeiramente, constataram que as mulheres com o rabo grande tinham os índices de colesterol mais baixos, o que fazia com que as suas hormonas as ajudassem a queimar os açúcares mais rápido.
Depois, concluíram que essas mulheres tinham menos riscos de sofrer de problemas cardíacos, diabetes e problemas similares derivados da quantidade pouco saudável de colesterol ingerido. A razão por detrás disto? Os largos depósitos de ácidos Omega 3 que estão presentes nos corpos das mulheres. Esses minerais são naturalmente dados a mulheres com estas características, o que também ajuda muito a melhorar as suas funções cerebrais.
Konstantinos Manolopoulos, um professor grego responsável pelo estudo, disse aos repórteres do ABC News que as mulheres com mais gordura no rabo tinham maiores índices de glucose e colesterol no seu corpo. Para a investigação, foram analisadas amostras de 16.000 mulheres que se voluntariaram.
O estudo continua a explicar que ter um rabo grande ajuda a atingir maiores níveis de leptina, uma hormona que controla o processo de ganho/perda de peso corporal! Com os estudos a serem repetidos em outras duas universidades conceituadas – Pittsburh e Califórnia, os resultados obtidos foram muito similares!
Tudo aponta para o facto de as mulheres com cintura fina, ancas largas e rabos grandes terem mais esperança de vida do que as outras mulheres.



Fonte: Sarcasticamentefalando/foto internet