A Mediapro Portugal informou hoje ter investido dois milhões de euros no novo canal televisivo dedicado à Saúde e ao Bem-Estar, o S+, que começará a emitir para clientes da NOS em 30 de abril.

A equipa inclui 30 pessoas, entre apresentadores, produtores, repórteres, operadores de câmara, editores de imagem e áudio e responsáveis editoriais.

O canal vai emitir em HD, 24 horas por dia, sete dias por semana, e incluirá 17 programas de produção própria por semana, assim como "documentários e programas estrangeiros dedicados às mais diversas vertentes da saúde e do bem-estar".

O S+ quer figurar no 'top-5' dos canais por cabo até 2021 e garante que se irá pautar por "rigor na conceção e divulgação dos conteúdos, idoneidade dos seus médicos especialistas nas diferentes áreas da medicina e experiência comprovada de toda a equipa redatorial".

"O respeito pelas mais diversas sensibilidades e, acima de tudo, pelo sofrimento humano serão um dos lemas do S+", lê-se no comunicado do grupo, que foi responsável em 2006 pelo lançamento do Porto Canal.

O canal S+ tem sede em Lisboa, com os estúdios situados na Venda do Pinheiro, e uma delegação operacional no Porto, no Centro de Inovação de Matosinhos.



IN:NM