1. #1
    Avatar de benfas69
    Registo
    Oct 2016
    Idade
    46
    Posts
    12.870

    Padrão UCI iliba Chris Froome das acusações de doping

    UCI iliba Chris Froome das acusações de doping


    Chris Froome foi ilibado esta segunda-feira das acusações de doping que recaíam sobre si por um controlo positivo na passada edição da Volta a Espanha, por excesso de salbutamol. Desta forma, o ciclista britânico mantém o seu triunfo da Vuelta de 2017 bem como do Giro de Itália deste ano, podendo igualmente participar no Tour que arranca na próximo sábado.

    A defesa de Froome alegava que o ciclista sofreu uma disfunção renal, o que explica o excesso da substância em causa no seu organismo.

    "A UCI analisou detalhadamente todas as provas relevantes (consultando os seus próprios peritos e peritos da Agência Mundial Antidopagem [AMA]). Em 28 de junho de 2018, a AMA informou a UCI de que aceitaria, baseada nos factos específicos deste caso, que os resultados da amostra de Froome não constituíssem um AAF [sigla em inglês para resultado analítico adverso]", lê-se no comunicado do organismo que rege o ciclismo mundial.

    O Ventilan, nome comercial do salbutamol, é um dos medicamentos mais utilizados no tratamento da asma e é permitido pela AMA sem necessidade de requerer uma isenção de uso terapêutico quando inalado até 1.600 microgramas num período de 24 horas e não mais do que 800 em 12 horas.

    A análise de Froome acusou uma concentração de 2.000 nanogramas por mililitro, o dobro do autorizado, mas, como salvaguarda a UCI, a "lista proibida da AMA prevê que um atleta possa estabelecer que o seu resultado anormal foi consequência de um uso permitido e nesse caso não será considerado um AAF".

    "Embora a UCI tivesse, obviamente, preferido que o processo tivesse tido termo no início da temporada, tinha de garantir que Froome tivesse um processo justo, como teria feito com qualquer outro corredor, e que a decisão correta fosse tomada. Tendo recebido a posição da AMA em 28 de junho de 2018, a UCI preparou e emitiu a decisão formal fundamentada o mais rapidamente possível", acrescenta o organismo.

    Além das edições de 2013, 2015, 2016 e 2017 da Volta a França, o britânico de 33 anos conquistou Vuelta de 2017 e o Giro já este ano.

    "A UCI entende que haverá uma discussão significativa sobre essa decisão, mas quer tranquilizar todos os envolvidos e interessados no ciclismo que esta decisão é suportada em opiniões de peritos, por conselhos da AMA e uma avaliação completa dos factos do caso. A UCI espera que o mundo do ciclismo possa agora focar-se e aproveitar as próximas corridas do calendário", concluiu.

    A 105.ª edição da Volta a França vai ser disputada entre sábado e 29 de julho.

    Record
    e não se esqueçam de jogar no Totobola do GForum...



  2. #2
    Avatar de Lordelo
    Registo
    Aug 2007
    Idade
    69
    Posts
    9.843
    Pois ao fim de quase 1 ano!!! o André Cardoso levou logo 1 ano só que a sky tem muito peso,abraço

Tópicos Similares

  1. Respostas: 0
    Último Post: 28-07-2015, 05:49
  2. Respostas: 2
    Último Post: 22-07-2015, 22:07
  3. Respostas: 1
    Último Post: 18-07-2015, 20:56

Permissões de Postagem

  • Você não pode iniciar novos tópicos
  • Você não pode enviar respostas
  • Você não pode enviar anexos
  • Você não pode editar suas mensagens
  •  

Conectar

Conectar