Testes realizados por cientistas espanhóis em roedores constataram que aqueles animais se tornaram gradualmente mais saudáveis e perderam peso. Agora a nova droga revolucionária irá ser testada em animais de maior porte e posteriormente em humanos.



Uma única injeção poderá curar a obesidade e a diabetes de tipo 2, dizem os especialistas.

A droga de origem viral, faz com que o ADN dos roedores produza em maior quantidade uma hormona responsável por manter o organismo sobre controlo.

Não tomar injeções de insulina diárias pode ser bastante arriscado, provocando cegueira, e fazendo com que os indivíduos entrem num estado comatose, levando nos casos mais extremos à morte. Os ratos não só perderam peso, como apresentaram uma menor resistência à insulina.

A coordenadora do estudo, Veronica Jimenez, disse: “Estes resultados demonstram que o novo fármaco é seguro e eficiente”.

Já a professora Fatima Bosch, também envolvida naquele projeto científico, comentou que aquela pesquisa está a abrir caminho para “tratar a diabetes, a obesidade e outras doenças relacionadas”.

IN:NM