Usar um biquíni ou fato de banho molhados pode desencadear infeções vaginais? A resposta é sim, mas tal não é uma consequência direta. Como explica a ginecologista Yvonne Butler Tobah, a relação entre fatos de banho molhados e infeções vaginais não é imediata, maso seu uso de forma contínua pode aumentar o risco de tal infeção.

Tal não significa que deva mudar de roupa após cada mergulho, mas se depois do banho vai para a sombra, por exemplo, para preparar o almoço após uma ida à piscina, aí sim, será melhor trocar de roupa, contra o risco de propiciar um ambiente húmido, que é o preferido das bactérias que podem se desenvolver rapidamente.

Embora hoje se perceba que o risco não é assim tão grande e que, na pior das hipóteses, a infeção vaginal é um problema de simples tratamento e que apenas se traduz nalgum desconforto, há décadas atrás tal era visto como um grave problema – uma visão que hoje deixou de fazer sentido pelo desenvolvimento na área da microbiologia vaginal.

Contudo, uma resposta específica a esta situação por parte da ciência é algo bastante difícil de se atingir, como explica a Live Science, que aponta a questão ética de não expor indivíduos a infeções de forma propositada – o que seria essencial para analisar o caso em termos práticos.

IN:NM