Robert Quigley, um condutor alcoolizado de 25 anos, bateu na traseira de outro carro que estava parado no trânsito na Antelope Road na Califórnia, EUA. Depois do acidente, o carro incendiou-se. O condutor saiu da viatura e voltou em seguida para acender um cigarro aproveitando as chamas do seu automóvel.

Um oficial da polícia nas imediações viu a explosão do carro e dirigiu-se ao local para ajudar nas operações de desvio do trânsito. Quando chegava ao local o agente viu o condutor Robert Quigley a trocar de assento com a sua companheira apesar de, mais tarde, o jovem admitir que era ele quem conduzia no momento do acidente.

Uma testemunha revela à comunicação social americana que o condutor alcoolizado voltou ao carro, já sem camisa, para acender um cigarro nas chamas, acabando por ficar com o sobrolho chamuscado.

Mais tarde, Robert Quigley garantiu aos oficiais da polícia que teve esse comportamento porque não tem medo do fogo. Disse estar habituado a lidar com situações do género.

Quando ocorreu a colisão entre os carros, o homem estava a conduzir a cerca de 80 quilómetros por hora.

Sabe-se ainda que o condutor sofreu queimaduras no pescoço que terão resultado da fricção do cinto de segurança. Não há registo de outros feridos.

Ler mais em: CM