O tempo que o álcool permanece na corrente sanguínea depende do peso, altura, idade, género e velocidade do metabolismo dos indivíduos. Este processo é também afetado pela quantidade de alimentos ingerida, se toma ou não medicação, pelo estado de saúde do fígado e pelo tipo de álcool consumido.

Todavia, aquilo que se sabe com certeza é que em média o fígado demora uma hora a processar um grama de álcool – e que demora 5,5 horas a decompor na corrente sanguínea a quantidade que equivale ao limite legal permitido para conduzir.

De acordo com a publicação britânica Metro UK, e com um estudo realizado pelo sistema de saúde britânico (NHS), o tempo médio para o corpo decompor o álcool presente em 250 mililitros de vinho, é de três horas. Já para digerir uma caneca de cerveja, o organismo leva até duas horas.

E atenção. Se por acaso começar a beber ao final da tarde até por volta da meia-noite, esse álcool estará garantidamente presente na sua corrente sanguínea na manhã seguinte – por isso, pense duas vezes se for conduzir.

Entretanto, saiba também que o álcool geralmente permanece na urina entre 12 a 36 horas. E que os testes científicos existentes mais avançados podem encontrar a presença dessa substância na urina até 80 horas após ter parado de beber.

Mais ainda, o álcool pode ser detetado na saliva durante um período de 24 horas após o seu consumo, e bizarramente pode ser detetado no cabelo até 90 dias depois.

IN:NM