É raro em indivíduos com menos de 65 anos, mas a partir desta idade, a demência vascular pode acontecer aquando de uma redução do aporte de oxigénio e nutrientes no cérebro, através do sangue, essenciais ao seu bom funcionamento.

Tal acontece quando o sistema vascular, por onde tais nutrientes são transportados é quebrado ou bloqueado. O motivo pode ser simplesmente a idade.

Diz o Mirror que o risco deste tipo de demência duplica a cada cinco anos, após os 65 anos, mas há mais fatores que aumentam o risco como ataque cardíaco, diabetes ou AVC ou mesmo aumento de peso e colesterol alto.

Por todos estes sintomas, depreende-se que uma vida saudável, onde o exercício físico está presente assim como a alimentação equilibrada e o consumo de álcool é apenas moderado, será o primeiro passo para evitar este comum problema.

Por se apontar a pressão arterial, medicação que o contorne é também uma boa solução o que permite concluir que a grande prevalência da demência vascular deve-se, principalmente, à falta de informação.

Por fim, e embora se saiba a origem do problema, ao contrário do que acontece no Alzheimer, os sintomas são semelhantes e passam por esquecimento e dificuldade em falar, pensar e racionalizar.

IN:NM