Uma mulher viu o seu telemóvel explodir na passada quarta-feira enquanto conduzia numa autoestrada na China. As chamas levaram a que a mulher entrasse em pânico e parasse o carro enquanto o telemóvel ardia. Segundo declarações do marido que foram posteriormente confirmadas por um técnico, o dispositivo foi reparado numa loja não oficial da Apple e a bateria foi trocada por uma não certificada. No passado já tinham sido registadas explosões similares de telemóveis da marca e as "culpas" foram depositadas em cabos e material não certificado que vinha a ser utilizado por lojas de reparações ou revendedores.


Ler mais em: CM