Uma nova pesquisa alerta que apenas um cada cinco indivíduos são honestos acerca dos seus hábitos de consumo de bebidas alcoólicas.

E porque os pacientes mentem tão frequentemente os médicos tendem a duplicar as respostas dadas pelos mesmos, garante aquele estudo.

Aparentemente, um em cada cinco (20%) dos indivíduos não regista de facto qual a quantidade de bebidas ingeridas.

Enquanto, que 14% mentem por receio de julgamento por parte dos profissionais médicos.

Mais ainda, 11% temem que os seus hábitos de bebida sejam os culpados por algum problema de saúde que tenham. E 10% sente vergonha acerca da quantidade de álcool que consome.

Aquele estudo foi conduzido pelo sistema nacional de saúde britânico (NHS) e analisou um universo de 2,008 adultos e questionou 191 clínicos.

Os investigadores apontam ainda que as mulheres com menos de 30 anos, são o grupo mais predisposto a mentir.

Os médicos inquiridos acreditavam igualmente que um quarto dos pacientes (25%) tem um ligeiro problema com o álcool e que um quinto (21%) são “altamente dependentes”.

IN:NM