Se, por exemplo, toma o pequeno almoço na rua e por isso tem de lavar os dentes antes, saiba que há formas de evitar o sabor amargo que o seu café, sumo ou a maioria dos alimentos ganha. Se for outro o caso, basta-lhe entender o processo.



Lauriléter sulfato de sódio. Decore este nome e culpe-o da próxima vez que se arrepender de comer ou beber qualquer coisa que não seja água logo após lavar os dentes, já que o seu sabor será bastante desagradável.

Este não é de facto um grande problema já que, à partida, lava-se os dentes depois de comer e não antes de fazer um snack, ainda assim, todos passamos por esta experiência e vale a pena entendê-la.

Como explica o Mental Floss, este químico também conhecido pela abreviatura SLES não passa de um surfactante adicionado às pastas de dentes para facilitar a criação de espuma que por sua vez facilita a lavagem dos dentes.

Além de fazer espuma, os surfactantes – que se encontram também em detergentes, tintas ou laxantes, por exemplo – suprimem as funções dos recetores de sabor presentes na língua o que, desde logo, altera a perceção humana aos sabores doces ou salgados.

Ainda, é graças a este químico que se quebram os fosfolípidios, moléculas presentes na língua que ‘suavizam’ os sabores mais amargos que nos chegam à boca. Ora, ao serem quebrados, o paladar torna-se bastante mais sensível a tais sabores.

Para muitos, o não comer nos momentos seguintes a lavar os dentes será suficiente para resolver o problema, contudo, para quem não o suporta, vale a pena saber que há opções livres de SLES que não põem em causa a higiene oral.

IN:NM