Uma mulher de 32 anos, casada e mãe de um menino de oito anos, escreveu uma carta à coluna sentimental do jornal The Sun, onde confessa estar apaixonada por uma mulher que conheceu na escola do filho, e que é mãe de um colega deste.

As duas envolveram-se sexualmente, mas agora, a mulher quer mais e sonha em manter uma relação amorosa com a amiga.

"Nós começámos a conversar uma com a outra no portão da escola enquanto esperávamos pelos nossos filhos, que são bastante amigos. Sentia-me confortável a falar com ela, apesar de no geral ser bastante timída. Começámos a dar-nos muito bem e a passar tempo juntas", escreveu a mulher.

Um fim de semana, quando o marido foi para fora, a mulher convidadou o menino para dormir lá em casa, com o filho, e sugeriu que a mãe deste ficasse também. "Tivémos uma noite hilariante e bebemos muito vinho. Acabámos por adoremecer no sofá, a minha cabeça no ombro dela e de mãos dadas. Foi então que depois acordámos a meio da noite e nos beijámos enquanto os nossos filhos estavam a dormir no andar de cima", contou a mulher.

Agora, a mulher diz-se apaixonada e está disposta a deixar o marido para ficar com a amante, mas esta não compreende tal decisão e não se mostrou aberta para fazer o mesmo.

Ler mais em: CM