Um homem, de 28 anos, morreu depois de injetar silicone nos testículos, alegadamente no âmbito de um culto sexual.

O australiano Jack Champman morreu em Seattle, nos EUA, depois de injetar uma grande quantidade deste líquido nas suas partes íntimas.

A autópsia identificou como causas da sua morte a 'síndrome de injeção de silicone', bem como três problemas nos pulmões, relacionados com a primeira situação.

Antes da sua morte, Jack tirou fotos numa competição onde é visível o tamanho fora de normal dos seus testículos.

Lembra o Mirror que o inchaço anormal e a distorção peniana são efeitos colaterais das injeções de silicone, que podem levar ao acumular de líquido e sangramento nos pulmões.

O culto sexual em que Jack se encontrava consistia na existência de um mestre e de uma série de pupilos que teriam de obedecer aos requisitos do seu mestre, de quem seriam propriedade. Embora o seu mestre negue ter obrigado Jack a injetar silicone nos testículos, a mãe do jovem acredita que a sua morte está relacionada com as exigências que lhe eram feitas.

A polícia está a investigar o caso.

IN:NM