Homem, de 32 anos, acabou por matar jovem, de 19. Idosa sofreu uma fratura, mas não corre perigo de vida.



Um homem de 32 anos foi preso esta semana por ter matado a namorada, de 19 anos, na residência do casal, no Rio de Janeiro, Brasil.

De acordo com o site Extra, o detido confessou o crime justificando o mesmo com uma “discussão fútil”. O homem terá apertado o pescoço da vítima com as mãos, largando-a, em seguida, sobre o sofá, já desmaiada e a “expelir espuma pelo nariz e pela boca”.

Quando as autoridades chegaram já nada podiam fazer para salvar a jovem. Já o agressor fugiu num primeiro momento, mas acabou por se entregar numa esquadra.

A avó do homem, uma idosa de 74 anos, presenciou o crime e, segundo as autoridades, tentou impedir o mesmo, mas quando foi pedir ajuda, acabou atropelada, sofrendo uma fratura do fémur. A idosa foi hospitalizada mas não corre perigo de vida.

IN:NM