Deve trocar de almofada a cada seis meses, diz Robert Oexman, diretor do Sleep to Live Institute.



Quase 70% das pessoas dizem que a almofada ‘certa’ é fundamental para dormir uma boa noite de sono, mas muitos de nós cometemos um erro grave: usamos a nossa almofada preferida não durante meses, mas sim durante anos a fio!

Todavia, as almofadas deveriam ser trocados a cada seis meses, mais ou menos, diz Robert Oexman, diretor do Sleep to Live Institute, e definitivamente a cada dois anos, segundo o WebMD, uma diferença marcante em relação à vida útil de cinco a 10 anos de um colchão. Os indivíduos tendem a reparar na sujidade dos colchões, diz Oexman, mas geralmente esquecem-se da almofada.

Diferentemente dos colchões, a questão não é a integridade dos almofadas. Simplesmente, diz Oexman, aqueles objetos não deveriam ser usados por mais de seis meses.

O motivo é simples e talvez até um pouco repulsivo: uma quantidade enorme de bactérias e fragmentos acumula-se na almofada onde todas as noites coloca o rosto. Sujidade, óleos e células epiteliais mortas ficam retidas no interior, o que por sua vez pode causar acne. Ácaros, que fazem parte da família dos aracnídeos, também gostam de se alojar nas entranhas.

A acumulação de ácaros pode causar problemas de saúde muito reais, como reações desagradáveis em pessoas que sofrem de alergias. Cerca de 20% das pessoas têm alergias e das que as têm, cerca de dois terços podem ser alérgicas aos ácaros encontrados dentro de casa.

Segundo Oexman, pessoas que têm sintomas nasais durante todo o ano deveriam fazer testes de alergia a ácaros, diz.

Capas herméticas para colchões e almofadas podem ajudar, assim como lavar a roupa de cama e as almofadas regularmente.

Já quando for comprar uma almofada nova, o especialista lembra que o objetivo é encontrar um que preencha o espaço entre o ombro e a cabeça quando está deitado. A almofada perfeita alinha a cabeça quando está na sua posição favorita para dormir, diz Oexman. Quem dorme de barriga para cima ou para baixo precisa de almofadas muito mais finas, comparativamente a quem dorme de lado.

IN:NM