Atualmente com tanta desinformação por sobre quais os alimentos que fazem bem ou mal à saúde, fazer escolhas alimentares corretas pode ser um verdadeiro desafio.

De acordo com a publicação NaturalNews há uma série de alimentos específicos, no entanto, que vai querer evitar a todo custo de modo a viver mais e bem.

1. Pão branco e farinhas refinadas

Por definição o pão branco e as farinhas refinadas, em geral, são tóxicos para o corpo porque no processo de fabrico lhes foram retirados todas as vitaminas, minerais, fibras e outros minerais importantes.

Como tal, o corpo não sabe a maneira correta de digerir esses alimentos e de os assimilar.

A farinha branca é também refinada com cloro e brometo, dois produtos químicos venenosos que têm sido associados a causar danos à tiroide e a outros órgãos.

2. Pipocas feitas no microondas

Este alimento processado é o favorito entre muitos cinéfilos, mas é também um dos alimentos menos saudáveis que pode comer.

Praticamente todos os componentes das pipocas de microondas fazem mal, desde os grãos geneticamente modificados de milho, sal processado e produtos químicos utilizados para conservar o seu sabor.

Adicionalmente, este alimento contém uma substância química conhecida como diacetil que pode realmente destruir os seus pulmões.

3. Arroz branco

Como o pão branco, o arroz branco é despojado da maioria dos seus nutrientes naturais, sendo-lhe retirado farelo e o gérmen, dois componentes naturais que compõem o arroz na sua forma acastanhada.

O corpo processa este alimento de forma extremamente diferente de como processa o arroz integral, que é absorvido mais lentamente e não causa o mesmo aumento de açúcar no sangue.

4. Refeições congeladas

As refeições preparadas estão repletas de conservantes, sal processado, óleos hidrogenados e outros ingredientes artificiais, para não mencionar o facto de que as refeições congeladas foram pré-cozidas, tornando-as deficitárias em nutrientes bons. Por outras palavras, trata-se de ‘uma doença vendida numa embalagem’.

Dê preferência às refeições caseiras e aos alimentos frescos.

5. Alimentos que contém nitratos e nitritos

Salsichas, bacon, charcutaria em geral e muitas outras carnes embutidas vendidas no supermercado estão na maioria das vezes repletas de nitrito de sódio e conservantes químicos que têm sido associados a propiciarem o aparecimento de doenças cardíacas e de vários tipos de cancro.

6. Barras de proteínas

Estes substitutos de refeições contêm proteína de soja processada, açúcar refinado, gordura hidrogenada e outros aditivos prejudiciais responsáveis por doenças crónicas.

7. Margarina

Como todos os tipos de alimentos processados, a margarina contém óleo e gordura transgénicas hidrogenadas.

Ao contrário da crença popular, a manteiga e as gorduras saturadas em geral, não são insalubres, especialmente quando são derivados de animais de pasto, que se alimentam de erva, ao invés de milho e soja.

8. Leite e derivados de soja

A maioria dos aditivos de soja são processados utilizando hexano, um produto químico que já foi associado a defeitos no nascimento, causando problemas reprodutivos e cancro.

A soja que não foi fermentada também é altamente estrogénica e pode ainda contribuir para o desequilíbrio hormonal.

IN:NM