Uma trabalhadora de uma cafetaria escolar em New Hampshire alega que foi despedida por ter oferecido o lanche a um estudante que não tinha dinheiro para o pagar.

Bonnie Kimball trabalhava na caixa da cafetaria da Escola Secundária Mascoma Valley Regional e percebeu que o cartão de um aluno que tentava pagar o seu almoço, não tinha dinheiro.

"Diz à tua mãe que a tua conta está sem dinheiro", ter-lhe-á dito, baixinho, a funcionária, antes de o deixar passar sem pagar.

Um gerente do espaço comercial terá dado conta da situação e questionou Bonnie sobre o sucedido. Esta acabou despedida dias depois.

Mais tarde, a mulher recebeu um documento oficial por parte dos recursos humanos da instituição com a justificação para o seu despedimento, que referia que o seu comportamento "violava os procedimentos do serviço de caixa, as políticas de cobrança da escola e a regulação federal para refeições à borla".

Entretanto, o porta-voz da empresa responsável pela concessão do espaço disse que jamais "autorizaria um empregado a não dar de comer a um aluno ou a um funcionário" e que Bonnie "não seria despedida por este gesto".

IN:NM