O roubo de uma embalagem de ketchup num restaurante de New Jersey, nos Estados Unidos, parece ter sido o ponto de partida para uma série de eventos negativos na vida do larápio. A Associated Press adianta que algum tempo depois do ketchup ter sido roubado, a pessoa que o roubou regressou ao local do crime e, não só repôs a embalagem que tinha sido subtraída ao restaurante, como deixou lá uma segunda embalagem.

A acompanhar as duas embalagens de ketchup estava uma nota, na qual a pessoa pedia desculpa e explicava que roubar aquela embalagem de ketchup foi "a pior coisa que fez vida". Contou que teve um acidente de carro e que, desde então, foi perseguido por uma maré de azar.

O ketchup era da marca Heinz e a empresa teve um gesto curioso. Fez uma publicação no Twitter na qual se ofereceu para ajudar o azarado larápio, pagando-lhe, por exemplo, os danos no automóvel, se o assaltante entrasse em contacto. “Heinz obriga-te a fazer coisas loucas”, afirmou a empresa

IN:NM