Pode parecer contraditório falar sobre o que fazer para aumentar o colesterol. No entanto, é importante entender que o colesterol é uma lipoproteína insolúvel que viaja pela corrente sanguínea e que existem dois tipos: o LDL, que é mais conhecido como ‘colesterol mau’, e o HDL, que, por sua vez, é o chamado ‘colesterol bom’.



O do primeiro tipo, o LDL, é considerado mau devido ao facto da sua estrutura favorecer a formação de placas de gordura no interior dos vasos e artérias que, além de poder gerar obstruções, torna essas estruturas menos flexíveis. O HDL, por outro lado, ajuda a remover os depósitos ocasionados pelo colesterol mau dos vasos sanguíneos, reduzindo, dessa forma, o risco de surgimento de doenças coronárias.

De acordo com cientistas da Universidade de Berkeley, nos Estados Unidos, existem algumas coisas que podemos para estimular o aumento dos índices do colesterol bom, a saber:

1 – Não fume

Estudos apontaram que, além de o tabagismo promover o aumento do colesterol mau, o hábito causa a redução dos níveis de colesterol bom em, em média, cinco pontos. O pior é que esse efeito pode ser observado inclusive em fumadores passivos.


2 – Pratique atividades aeróbicas

A prática de exercícios aeróbicos — como andar de bicicleta e correr — pode ajudar a aumentar os índices de colesterol HDL. Contudo, para ter o efeito esperado, é importante fazer a atividade regularmente e com uma intensidade moderada. Por outras palavras quanto mais mexer o corpo, melhor será o resultado.

3 – Beba com moderação

Vários estudos ressaltam que o consumo moderado de bebidas alcoólicas, entre uma ou no máximo duas doses diárias, pode promover o aumento nos níveis do colesterol bom, além de oferecer benefícios para a saúde do coração.

4 – Escolha a sua dieta com inteligência

Um problema das dietas pobres em gordura é que, apesar de promoverem o emagrecimento e a redução do colesterol mau, fazem ao mesmo tempo com que os níveis do colesterol HDL também decresçam. Então, uma opção seria substituir os alimentos ricos em hidratos de carbono por opções ricas em gorduras mono e polissaturadas para que o colesterol bom suba. Para que esta troca seja feita corretamente será melhor que consulte um nutricionista.

IN:NM