Uma jovem mãe chinesa vendeu os seus gémeos recém-nascidos por 7.400 libras (8.250 euros) de forma a conseguir pagar as suas dívidas de cartões de crédito. Os meninos, que ainda não tinham duas semanas, foram vendidas a duas famílias desconhecidas que viviam a mais de 700 quilómetros de distância.

A mulher, na casa dos 20 anos, conta o Daily Mail, ainda chegou a comprar um telemóvel novo com o lucro da venda dos filhos.

A mãe e o companheiro acabaram por ser detidos pela polícia e os bebés resgatados e entregues aos avós biológicos.

O caso remonta a setembro do ano passado quando os bebés nasceram prematuros e foram postos em incubadoras. Ma, como foi apenas identificada, ficou à espera do companheiro no hospital, mas quando este não apareceu e os seus pais lhe negaram ajuda, a mulher decidiu vender os filhos.

Um dos bebés foi vendido por 45 mil yuan (5,719 euros) e o outro por 20 mil yuan (2.542 euros).

Segundo a polícia o pai dos bebés apareceu mais tarde a exigir a sua parte do lucro para pagar dívidas de jogo, mas nessa altura o dinheiro já tinha sido gasto. As autoridades começaram a receber pistas sobre o caso em julho deste ano e conseguiram depois encontrar os bebés com as suas respetivas famílias adotivas. As famílias concordaram em devolver os bebés à polícia.

Depois disso, as crianças foram entregues aos pais de Ma e a jovem e o companheiro detidos por tráfico de menores. Um crime que lhes pode valer até 10 anos na China.

IN:NM