Alimentos que causam gases, como o feijão e o milho, apresentam um elevado teor de fibras e de hidratos de carbono, que fermentam excessivamente durante a digestão.


No entanto, e como explica a publicação Tua Saúde, a intolerância do intestino a esses alimentos acaba por depender do sistema digestivo e intestinal de cada indivíduo, ou seja os mesmos alimentos não causam o mesmo efeito em pessoas diferentes.

Já alimentos ricos em gorduras e proteínas, como carne e castanhas, não são fermentados no intestino e, consequentemente, produzem menos gases.


Lista de alimentos que provocam gases

- Leguminosas: ervilhas, lentilha, grão-de-bico, feijão;

- Vegetais verdes: repolho, brócolis, couve de Bruxelas;

- Alimentos ricos em frutose: alcachofra, cebola, pera, trigo e refrigerantes;

- Lactose (açúcar natural do leite);

- Alimentos ricos em amido: milho, massa, batatas;

- Alimentos ricos em fibras solúveis: farelo de aveia, fruta;

- Grãos integrais: arroz integral, farinha de aveia, farinha de trigo integral;

- Adoçantes naturais: sorbitol, xylitol;

- Ovos.

Ao ingerir estes alimentos, poderão surgir sintomas como barriga inchada, dor abdominal e flatulência.

Os alimentos que causam gases nos bebés são os mesmos da lista citada acima. Quando as crianças são amamentadas, muitas vezes basta a mãe diminuir a ingestão desses alimentos para ajudar a diminuir os gases e as cólicas da criança.

Piores combinações de alimentos que causam gases

- Feijão e repolho;

- Arroz integral, ovo e salada de brócolos;

- Leite, fruta e adoçante à base de sorbitol ou xylitol;

- Ovos, carne e batata doce.

Essas combinações fazem com que a digestão seja mais lenta, e que os alimentos fermentem por mais tempo no intestino, o que gera por sua vez mais gases.


IN:NM