Devido à pandemia do novo coronavírus que assola o mundo inteiro, no ínicio do mês de maio o uso de máscara tornou-se obrigatório em Portugal em todos os espaços fechados, como por exemplo em supermercados ou farmácias.


Durante vários meses questionou-se a importância ou não do uso de máscara no nosso país, como forma de travar a propagação do novo coronavírus ou SARS-CoV-2, causador da doença da Covid-19, comparativamente a outros países nos quais os cidadãos foram desde cedo instruídos para que utilizassem máscaras em público.

Posso lavar e usar novamente a minha máscara de proteção?

Sim, quando falamos de máscaras de tecido. Contudo, e conforme explica o jornal britânico The Sun, lavar e reutilizar máscaras N95, cirúrgicas e FFP3 ainda está sujeito a debate - portanto leia atentamente as diretrizes do fabricante na embalagem.


Mais ainda, tenha em atenção e evite usar máscaras mais 'sofisticadas', já que estas são necessárias para os profissionais de saúde.

Se lavar a sua máscara à temperatura de 60ºC ou mais e a secar total e eficazmente, então o acessório deverá estar pronto para ser usado novamente.

Aliás, a regra é simples: quanto mais elevada for a temperatura a que lava a máscara, maior é a probabilidade de aniquilar qualquer resquício do novo coronavírus.

A maioria dos vírus não sobrevivem a temperaturas acima dos 60ºC, como tal deve optar por programar a máquina de lavar roupa para esse valor, e não só para lavar máscaras. Tecidos como toalhas, panos de cozinha, lençóis e fronhas, luvas, cachecóis e roupa de criança, também devem ser higienizados a essa temperatura.


IN:NM