A Samsung e a SK Telecom acabaram de lançar o primeiro smartphone 5G do mundo com um Quantum Random Number Generator (QRNG). Chama-se Galaxy A Quantum e as empresas envolvidas afirmam que atualmente no mundo não há tecnologia que consiga invadir este smartphone. Em termos de dispositivos, estamos a falar de um Galaxy A71 5G.


Este smartphone foi equipado com ferramentas que tornam as invasões muito difíceis de acontecer.







Samsung apresenta alta segurança quântica


Nos dispositivos que hoje usamos, os geradores de números aleatórios normais são utilizados para aceder a uma variedade de serviços de smartphones, tais como plataformas de pagamento e autenticação de dois fatores. Contudo, estes muitas vezes são mal utilizados e acabam por não ser tão seguros como deveriam.



No entanto, o chipset QRNG – o mais pequeno do mundo com apenas 2,5 mm por 2,5 mm – utiliza um sensor de imagem LED e CMOS. O LED emite “ruído de imagem” e o sensor CMOS capta a sua aleatoriedade quântica. Posteriormente, estes padrões são utilizados de forma imprevisível para criar cadeias de números verdadeiramente aleatórias.



De acordo com a SK Telecom, não existe nenhuma tecnologia que possa piratear isto. Assim, tal inovação faz do Galaxy A Quantum um dos telefones mais seguros do mercado (embora seja de salientar que o chip – também conhecido como SKT IDQ S2Q000 – foi concebido para ser utilizado exclusivamente com serviços SK). É claro que os hackers adoram um desafio.







Mais que um smartphone Samsung, este é um cofre


Segundo o que foi dado a conhecer, o próprio telefone vem com um ecrã Super AMOLED Infinity-O de 6,7 polegadas com resolução Full HD e um leitor de impressões digitais no ecrã. Uma configuração traseira de quatro câmaras, que inclui uma câmara principal de 64 megapíxeis, uma câmara de 12 megapíxeis de ângulo ultrarrápido, uma câmara macro de cinco megapíxeis e um sensor de profundidade de cinco megapíxeis. Além disso, há uma câmara de 32 megapíxeis na frente.



Todo o dispositivo é alimentado por um processador Exynos 980. A gerir tudo está o Android 10 com One UI 2.0 e vem com 8GB de RAM e 128GB de armazenamento. Além disso, oferece todas as funcionalidades de conectividade, incluindo WiFi, GPS, 5G, LTE, Bluetooth 5.0, NFC, uma porta USB-C, um cartão microSD e uma importante tomada para auscultadores de 3,5 mm.


Assim, embora o seu trunfo seja certamente o chipset QRNG, o dispositivo em si é uma potência decente e versátil.







Preço e disponibilidade

Conforme foi anunciado, este aparecerá disponível em preto, azul e prata e estará à venda na Coreia do Sul a partir de 22 de maio. O preço será de 649.000 KRW (cerca de 500 euros).



Apesar de ser uma excelente notícia, é de lembrar que esta não é a primeira vez que a Samsung e a SK Telecomfazem uma parceria para uma estreia mundial. Em setembro do ano passado, a dupla anunciou que se estava a juntar para desenvolver a primeira televisão 8K com velocidades de 5G e, no passado, lançaram outras propostas no campo dos smartphones.


Portanto, numa altura em que a segurança está sem grandes novidades tecnológicas, é interessante ver esta abordagem. A Samsung tem insistido na sua cruzada quântica dedicada a uma variedade de aplicações, embora esta seja a primeira vez que a vemos aplicada à tecnologia dos smartphones. Vamos então esperar que o mundo conheça esta “inovação”!



PP