O assunto não é propriamente novo, mas agora chega com mais evidências. De acordo com investigadores da NASA poderá existir um universo paralelo. As evidências foram obtidas na Antártica e mostram que as leis da física do novo universo paralelo seriam até diferentes das nossas.



A teoria dos especialistas é que o Big Bang terá dado origem a dois universos.









Apesar de já termos descoberto imenso sobre o Universo, ainda existem muitas perguntas sem resposta e muitas teorias que até podem andar muito perto da verdade, mas que ainda não conseguimos provar completamente. De onde é que viemos? Se dantes nada havia, de onde é que surgiu tudo o que hoje vemos, tocamos e questionamos? Será que tudo começou com o Big Bang? Formaram-se as partículas subatómicas, os átomos, as moléculas, as estrelas, os planetas e neste momento o Universo está a expandir.




Poderá existir um mundo invertido? Investigadores dizem que sim…

Parece estranho acreditar que possa existir outro Universo. No entanto, de acordo com uma investigação recente, levada a cabo por especialistas da NASA, as evidências recolhidas na Antártica, levam a concluir que podem existir dois universos, mas com leis da física completamente opostas.



Para esta investigação, o grupo contou com o apoio de 35 milhões de dólares (32 milhões de euros). Os especialistas estavam a realizar experiências com a Antena Impulsiva Transiente da Antártica (ANITA) para verificar um constante “vento” de partículas de alta energia do espaço. Durante esta investigação os investigadores foram surpreendidos por um ruído proveniente da Terra. Para a realização da investigação, usavam um balão que sobrevoava a Antártida, a partir do qual analisavam partículas vindas do Espaço.


As viagens de balão foram realizadas durante dois anos sendo que a equipa apenas obtinha “ruídos”. No entanto, numa das viagens, os investigadores descobriram algo estranho e surpreendente.








Em declarações à revista newScientist, Gorham, responsável pela investigação, referiu que uma das partículas encontradas movimentava-se em direção oposta às encontradas no nosso planeta. O investigador refere que tal descoberta pode indicar a existência de um universo paralelo. Além disso, tendo como base a análise da partícula, os investigadores referem que esse outro universo poderá ser um mundo “invertido”. Isto significa que as leis da física são diferentes, onde o esquerdo passa a direito, o negativo a positivo, etc.


Gorham refere que este possível universo é um espelho do atual. A teoria parece não convencer todos os membros que fizeram parte da investigação.




PP