Já ouviu falar no telescópio METIS? Apesar de sermos um mundo pequeno, Portugal é bastante reconhecido ao nível da Engenharia (no geral). Os portugueses têm dado cartas pelo mundo nesta área e estão envolvidos em projetos de referência à escala mundial.


Um grupo de cientistas portugueses está envolvido no desenvolvimento do METIS (Mid-infrared ELT Imager and Spectrograph), um poderoso instrumento que vai equipar o Extremely Large Telescope (ELT), em construção nas instalações do European Southern Observatory (ESO), no Chile.








Um grupo de cientistas da Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto (FEUP) e da Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa (Ciências ULisboa), todos eles membros do CENTRA – Centro de Astrofísica e Gravitação, está a participar no desenvolvimento do METIS (Mid-infrared ELT Imager and Spectrograph), um poderoso instrumento que vai equipar o maior telescópio do mundo – o Extremely Large Telescope (ELT).



Telescópio METIS irá detetar radiação invisível ao olho humano

Segundo comunicado, o ELT está em construção nas instalações do European Southern Observatory (ESO), no Chile, e será o maior telescópio terrestre no ótico e infravermelho quando der início às suas operações, prevista para meados desta década.



Tem um espelho primário de 39 metros de diâmetro e sistemas de ótica adaptativa avançados, o telescópio será capaz de ver detalhes seis vezes mais finos do que o Telescópio Espacial James Webb e 20 vezes mais finos do que o Telescópio Hub.







O METIS irá detetar radiação invisível ao olho humano, radiação que se “sente” sob a forma de “calor”. O instrumento – cujo desenho já está concluído, sendo agora necessários cerca de sete anos para terminar a respetiva construção e instalação no ELT – irá tirar total partido do espelho primário gigante do ELT para estudar uma enorme quantidade de tópicos científicos, desde objetos do nosso sistema solar até galáxias ativas distantes, com uma precisão revolucionária.




O custo total do METIS ronda os 95 milhões de euros e a sua massa é de cerca de 12 toneladas (equivalente a um autocarro de dois andares).





METIS

PP