Atualmente, as máscaras faciais são de uso obrigatório na maioria das situações do cotidiano,
porém esse novo hábito impede os deficientes auditivos de lerem os lábios e entender o que os outros estão dizendo.
Pensando em uma solução que realmente funcionasse que a inglesa Justine Bate,
criou e fez máscaras faciais com janelas feitas de plástico transparente onde cobrem a boca
para ajudar a si mesma e sua filha de 10 anos, Teona, na leitura labial. Mãe e filha são surdas.
As máscaras de Justine fizeram tanto sucesso após publicar em suas redes sociais,
que ela e o marido estão tendo que trabalhar muito mais para conseguir atender a tantos pedidos.
Acreditando que apenas surdos se interessariam pela suas máscaras, a família se supreendeu
com o número de pedidos de pessoas com demência e certos graus de autismo
que sentem medo ao ter que lidar com pessoas usando máscaras comuns






O marido de Justine, Carl, também está utilizando em seu trabalho, no qual é cuidador. Agora, Justine está tendo
oportunidade de melhorar não só a comunicação de sua família, mas também a vida de outras pessoas.
Máscara perfeita para os surdos, leitores labiais, para aqueles que
trabalham com os surdos ou simplesmente para aqueles que adoram sorrir!

fonte: ideiasnutritivas